Divisão de Informações Epidemiológicas DVIEP

É responsável por planejar, programar, coordenar e cumprir as ações de vigilância epidemiológica do óbito Materno (OM) e Mulher em Idade Fértil (MIF), óbito Infantil (OI) e Fetal (OF), monitorando e realizando o diagnóstico do perfil epidemiológico destes indicadores de saúde, assim como seus fatores de risco, vulnerabilidades e determinantes envolvidos. Diante do desafio da articulação intersetorial, fator indispensável na dinâmica da “informação, decisão, ação”; a Divisão coordena o Grupo Técnico de Agilização e Revisão do Óbito (GTARO), uma instância institucional, técnico-gerencial que visa desencadear ações oportunas para correção, melhoria e aperfeiçoamento das políticas de saúde da mulher e da criança.

Também é responsável pela qualidade da informação dos ciclos vitais de natalidade, registrados no banco estadual do Sistema de Nascidos Vivos (Sinasc) e no monitoramento e aperfeiçoamento da captação de dados de mortalidade por meio dos registros no Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM). No que tange aos formulários oficiais de coleta dos dados sobre nascimentos e mortalidade; Declaração de Nascido Vivo (DNV) e Declaração de Óbito (DO), recebe e controla a distribuição dos lotes enviados pelo Ministério da Saúde dentro de um processo de rastreabilidade dos mesmos, visto sua aplicabilidade civil e criminal.

Além da oportunidade de captação de dados de mortalidade, a DVIEP qualifica a informação com trabalho de consistência desses dados e esclarecimento das causas mortis, compartilhados com áreas técnicas responsáveis por doenças e agravos notificados no Sinan, tendo como base a Classificação Internacional das Doenças (CID).

Na busca pelo esclarecimento das raízes dessas causas, realiza a triagem e elabora protocolos de investigações prioritárias sobre as causas identificadas como pouco úteis do ponto de vista de esclarecimento etiológico. Neste processo, tem a responsabilidade técnica de coordenar a implantação e a implementação de Serviços de Verificação de Óbitos (SVO) no Estado do Paraná. E como setor responsável pela disponibilização de acesso, a operação e o monitoramento da regularidade de alimentação do banco de dados do SIM, Sinasc e Sinan do Estado, a DVIEP tem complementarmente a atribuição dos ajustes na gestão das informações epidemiológicas destes sistemas, mantendo os processos de gestão atualizados conforme as normas, orientações técnicas e legislações vigentes. 


asdfssss   ssss   ddd
  • Boletim Epidemiológico:

A publicação do Boletim Epidemiológico é realizada trimestralmente, e contém informações sobre as ações epidemiológicas efetuadas durante o trimestre. Além disso, contém as tabelas com os números de agravos notificados e confirmados nas semanas epidemiológicas, números de óbitos e números de nascidos vivos por Regional de Saúde.

Você precisará ter o software Acrobat Reader  instalado em seu computador, o qual disponibilizamos para download, é só clicar no nome do software para fazer o download.

  • Boletim Nº 25/2006
  • Boletim Nº 24/2005
  • Boletim Nº 23/2005
  • Boletim Nº 22/2005
  • Recomendar esta página via e-mail: