Atribuições

- Avaliar protocolos de pesquisa envolvendo seres humanos, com prioridade nos temas de relevância pública e de interesse estratégico da agenda de prioridades do SUS, com base nos indicadores epidemiológicos, emitindo parecer, devidamente justificado, sempre orientado, dentre outros, pelos princípios da impessoalidade, transparência, razoabilidade, proporcionalidade e eficiência, dentro dos prazos estabelecidos em norma operacional, evitando redundâncias que resultem em morosidade na análise;

- Desempenha papel consultivo e educativo em questões de ética; fomentando a reflexão ética sobre a pesquisa científica;

- Elaborar Regimento Interno de acordo com a Norma Operacional nº 001/2013.
Recomendar esta página via e-mail: