Mutirão de Cirugias Eletivas

sa


O Governo do Estado mantém um processo de busca contínua das pessoas que precisam de cirurgias para novos mutirões, organizado em parceria com os municípios e as 22 Regionais de Saúde.

As cirurgias são realizadas por clínicas e hospitais credenciados em todas as regiões do Paraná. As pessoas que necessitam dos procedimentos são encaminhadas aos serviços mais próximos de onde vivem.

Para ser avaliado, o usuário deve procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima de sua casa. A Atenção Primária é o contato inicial do usuário com os serviços do Sistema Único de Saúde. É na unidade de saúde que o cidadão receberá o primeiro atendimento, as devidas orientações e, se necessário, será encaminhado à atenção secundária, nos centros de especialidade, ou à atenção terciária, na rede hospitalar.

• Mais de 65 mil cidadãos paranaenses foram beneficiados pelo mutirão paranaense de cirurgias realizado entre agosto de 2015 e fevereiro de 2017.

R$ 60 milhões do Tesouro Estadual foram aplicados para reduzir a fila de procedimentos cirúrgicos que não são emergenciais, mas que comprometem a qualidade de vida daqueles que aguardam sua vez de operar.

• Em 16 meses de mutirão foram realizados 66 mil cirurgias nas áreas de oftalmologia, ginecologia, ortopedia, otorrinolaringologia, entre outras.

• Destaque para as 35 mil cirurgias de catarata realizadas, que está zerando a fila desse tipo de procedimento em todas as regiões do Estado.

Clique na imagem e confira o vídeo informativo:


sa
Recomendar esta página via e-mail: