Matérias da SESA

09/02/2017

Melhorias no HU de Ponta Grossa viabilizam oferta de mais 19 bolsas de residência

fgO Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, em Ponta Grossa, foi contemplado com mais 19 bolsas de residência multiprofissional e uniprofissional. A ampliação do número de bolsas foi autorizada pelo Ministério da Saúde graças à abertura de novos serviços dentro do hospital, como a UTI Neonatal, a maternidade e os novos leitos de UTI adulto.

Ao todo, 15 bolsas vão beneficiar os novos programas de residência em Enfermagem Obstétrica (4) e em Neonatologia (11). Além disso, há mais quatro bolsas para a residência em Intensivismo, que já contava com 10. “Isso só foi possível devido ao amplo trabalho de reestruturação que fizemos neste hospital. Com mais estrutura, também conseguimos agregar mais conhecimento com a vinda destes novos residentes”, disse o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

O diretor do Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, Everson Augusto Krum, destaca que a conquista dessas novas bolsas é consequência da qualidade e da infraestrutura dos programas de residência da instituição. “Somos reconhecidos pela infraestrutura do hospital e pela qualificação do corpo clínico e docentes dos vários cursos envolvidos nos programas”, diz.

Em 2017, o HU contará com 68 residentes multiprofissionais e uniprofissionais. São 53 no primeiro ano de residência e mais 14 no segundo ano. Desse total, 57 são mantidos com bolsas custeadas pelo Ministério da Saúde. Os demais bolsistas são mantidos com recursos da Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa).

“Com o aumento da participação do governo federal no custeio das bolsas, o HU pode investir recursos próprios em outras áreas”, diz o diretor do hospital, ressaltando a importância dos residentes na estrutura de atendimento aos pacientes. “A população é a maior beneficiada”, reforça.

56O Hospital Universitário oferta residências multiprofissionais em Saúde do Idoso, que envolve profissionais de enfermagem, farmácia, fisioterapia, odontologia e serviço social; em Intensivismo, com envolvimento de graduados em enfermagem, farmácia, fisioterapia, odontologia e serviço social; em Neonatologia, com vagas para formados em enfermagem, farmácia, análises clínicas, fisioterapia, odontologia e serviço social; e em Reabilitação, aberto a formados em educação física, fisioterapia, fonoaudiologia e serviço social.

O programa uniprofissional em Enfermagem Obstétrica abre oportunidades exclusivamente para graduados em Enfermagem; da mesma forma que o programa de residência em Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial é aberto apenas a profissionais da odontologia. Todos os programas caracterizam-se por formação de pós-graduação, modalidade treinamento em serviço, com bolsa no valor de R$ 3.330,43.

VAGA REMANESCENTE - Após o término das inscrições da residência em saúde do idoso, a área de enfermagem possui uma vaga em aberto, sendo assim a Comissão de Residência Multiprofissional da UEPG, decidiu ofertar uma vaga remanescente, em edital que será divulgado em breve.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.