Matérias da SESA

13/02/2017

Governo entrega reforma de hospital psiquiátrico em Pinhais

Governo entrega reforma de hospital psiquiátrico em PinhaisO secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, entregou nesta segunda-feira (13) as obras de reforma do Hospital Colônia Adauto Botelho, em Pinhais. Referência estadual em atendimento psiquiátrico, a unidade conta agora com um novo sistema elétrico, equipado com gerador, e também recebeu melhorias na rede hidrossanitária e na pintura. O investimento foi de R$ 2 milhões.

“Esta é a maior intervenção física no hospital desde sua fundação, em 1954. Uma estrutura importante, que precisou ser modernizada para garantir melhores condições de atendimento aos pacientes”, disse o secretário.

Foi necessário trocar toda a fiação elétrica, que era datada de 60 anos atrás. O gerador, já adquirido, agora foi adequadamente interligado ao sistema e está a disposição em situações de emergência. Além disso, foi substituída também toda a tubulação, que ainda era de ferro. Já a pintura deu cara nova à fachada e às demais instalações da unidade.

Segundo Caputo Neto, os investimentos demonstram a preocupação do Governo do Estado com a rede hospitalar na área de saúde mental. “Apesar da reforma psiquiátrica, ainda há casos em que a internação é a melhor alternativa de tratamento. E o trabalho que é feito aqui é reconhecido nacionalmente, muito por conta das atividades desenvolvidas para reinserir o paciente na sociedade”, ressaltou.

O Adauto Botelho conta hoje com 82 leitos ativos. São 58 leitos nas duas alas de atendimento a pacientes com transtornos mentais (masculina e feminina); 10 na unidade Flor de Liz, especializada em dependência química feminina; e mais 14 na unidade assistida, que abriga pacientes asilados e com dependência funcional.

Governo entrega reforma de hospital psiquiátrico em PinhaisNa solenidade, também foi entregue um guincho elétrico (transfer), essencial para o deslocamento de pacientes com dificuldades de locomoção. “O equipamento vai facilitar o trabalho dos profissionais de saúde, reduzindo o esforço físico do cuidador, e ainda vai oferecer mais conforto e segurança aos pacientes”, explicou o diretor-geral do Hospital Colônia Adauto Botelho, Osvaldo Tchaikovski Júnior.

Além do tratamento convencional, os pacientes têm à disposição uma série de atividades lúdicas, como aulas de pintura, escultura, artesanato, música, jardinagem e informática. As oficinas fazem parte do trabalho multiprofissional desenvolvido pela equipe do Hospital e são indicadas a partir de uma avaliação que leva em conta a aptidão e o grau de interesse do paciente.

A expectativa é ampliar ainda mais a oferta de leitos e serviços na unidade. Ao todo, mais 25 profissionais de saúde serão incorporados ao quadro de funcionários do hospital. Dez deles já fizeram, inclusive, exames médicos de admissão. Entre eles estão: médico psiquiatra, médico clínico, nutricionista, psicólogo, farmacêutico, técnico de enfermagem, enfermeiro, assistente de farmácia.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.