Matérias da SESA

19/05/2017

Paraná vai ampliar parceria com a Pastoral da Pessoa Idosa

O Governo do Estado vai fazer um aditivo no convênio firmado com a Pastoral da Pessoa Idosa (PPI) para ampliar o apoio às atividades promovidas pela instituição. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (19) pelo secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, durante reunião com a coordenadora nacional da Pastoral, Irmã Terezinha Tortelli, em Curitiba.

entrega_veiculo_pastoral_idosoNo encontro, foi entregue também um novo veículo para facilitar o deslocamento das equipes da PPI, que atuam na supervisão do trabalho desenvolvido em 117 municípios do Paraná. De acordo com o secretário, o investimento reconhece o caráter social da entidade, referência no acompanhamento domiciliar de idosos.
“Temos um profundo respeito e gratidão pelo trabalho realizado pela Pastoral. São mais de quatro mil voluntários espalhados pelo Estado, que nos ajudam a monitorar a saúde de quase 31 mil idosos. Um serviço exemplar, que garante mais qualidade de vida a essas pessoas”, destacou Caputo Neto.

Fundada em 2004, a Pastoral da Pessoa Idosa já está presente em 26 Estados e no Distrito Federal. Em todo o Brasil, pelo menos 140 mil idosos recebem a visita dos voluntários da instituição. O objetivo é prestar um serviço de avaliação das condições de saúde, nutrição e educação dos idosos, bem como atuar na prevenção da violência e maus-tratos.

O trabalho é focado na defesa dos direitos da pessoa idosa, principalmente em famílias vulneráveis, como as que vivem em situação de pobreza, abandono e outras fragilidades sociais. Durante as visitas, os líderes comunitários registram todas as informações do idoso e avaliam sua evolução mensalmente. Um dos diferenciais é a atuação integrada com as equipes da atenção básica, que conta com a participação efetiva dos agentes comunitários de saúde.

"Apesar da grande capilaridade do trabalho, o Paraná é o único Estado do país que apóia financeiramente as ações da Pastoral", revela Caputo Neto. O convênio, firmado em 2014, prevê o repasse de R$ 882 mil para auxiliar no custeio das atividades desenvolvidas nos municípios do Paraná.

O recurso é destinado, principalmente, para viabilizar a produção de materiais educativos e a realização de oficinas de capacitação de voluntários.

Segundo a coordenadora nacional da Pastoral, a parceria com o Estado está possibilitando que a entidade expanda sua atuação para novos municípios. “Nossa ideia é levar nosso trabalho para todos os 399 municípios do Paraná. Por isso, este apoio que recebemos do governo tem sido essencial neste projeto”, declara.

Sobre o novo veículo cedido pelo Estado, Irmã Terezinha ressalta que a doação supre uma necessidade antiga da Pastoral. "Nunca tivemos um carro próprio. Dependíamos da boa vontade dos voluntários, que utilizavam recursos próprios para os deslocamentos. Por isso, receber este veículo hoje significa muito para nós que estamos há anos engajados nesta causa", finalizou.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.