Matérias da SESA

10/08/2017

Saúde estimula que profissionais compartilhem experiências da atenção primária

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), em parceria com o Ministério da Saúde, Fundação Oswaldo Cruz e Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública, participa do projeto ‘Saúde é o Meu Lugar’, que tem como objetivo reunir e divulgar histórias de boas experiências desenvolvidas na atenção primária. O projeto é desenvolvido por meio da Escola de Saúde Pública do Paraná e Centro Formador de Recursos Humanos. A plataforma online está disponível para profissionais de todo o país, que podem compartilhar seus relatos nos formatos de texto, vídeo, foto ou áudio. Saúde estimula que profissionais compartilhem experiências da atenção primária

“A Atenção Primária é a porta de entrada do cidadão no Sistema Único de Saúde. É importante contar com um espaço para que nossos profissionais divulguem as ações que estão impactando na melhoria dos índices de saúde pública paranaense”, destacou o secretário de estado da Saúde, Michele Caputo Neto.

O Projeto está dividido em três etapas: a primeira é uma mostra online na qual os profissionais da saúde contam suas histórias; a segunda é a realização de cinco mostras presenciais regionais, uma em cada região do país, gerando debate sobre os temas apresentados pelos profissionais; e a última trata-se de uma mostra permanente onde tudo o que foi abordado nos encontros anteriores passa por uma curadoria e fica à disposição da população.

“A troca de experiências gera visibilidade aos profissionais que estão na ponta e atuam diretamente com a população. Graças a esta iniciativa damos margem a novas possibilidades de aprendizagem, discussão e reflexão”, salientou a diretora geral da Escola de Saúde Pública do Paraná, Ana Fonseca.

Segundo ela, é essencial que as equipes dos municípios publiquem suas histórias para estimular a troca de experiências.

HISTÓRIAS – Atualmente, a plataforma conta com 250 relatos de todo o país. A grande maioria vem de profissionais que atuam na região nordeste do Brasil por onde a Mostra já passou.

A assistente social Miriana Colavite Meneghin, que atua no município de Colorado, na região noroeste do Paraná, postou uma de suas atividades. Engajada em projetos como o ‘Um Novo Olhar’, que estimula mulheres com diabetes a realizarem atividades físicas, a assistente diz que adora compartilhar suas experiências.

“Conheci o projeto por acaso e resolvi experimentar. Compartilhei fotos de ações que fizemos aqui em Colorado e em municípios próximos e adorei. O site é muito simples e fácil de usar. Me divirto e me emociono com os relatos que as pessoas postam”, afirmou a assistente social, que diz incentivar que outras pessoas façam o mesmo. “Tem que compartilhar, mesmo”, reiterou.

MOSTRA – A etapa sul da ‘Mostra de Vivência nos Territórios’ será realizada em Curitiba nos dias 12 e 13 de setembro. O evento acontece na Escola de Saúde Pública do Paraná (ESPP) e reúne as experiências compartilhadas na plataforma, além de debates e palestras acerca de assuntos do dia a dia destes profissionais.

Na programação do evento estão previstas oficinas, rodas de conversas, apresentações artísticas e culturais e a exposição de trabalhos inscritos na plataforma.

Todos podem participar da Mostra, sejam profissionais de saúde ou a população em geral. Não é necessário realizar inscrição, basta comparecer na ESPP, das 14h às 20 no dia 12 e das 9h às 17h no dia 13. O endereço é Rua Doutor Dante Romanó, 120 – Tarumã – Curitiba/PR.

SERVIÇO – Para compartilhar suas experiências, basta acessar o site e enviar o conteúdo nos formatos de áudio, vídeo, texto ou imagem. Qualquer profissional que atua na atenção básica pode enviar suas histórias e todos os relatos compartilhados até os dias 12 e 13 de setembro podem fazer parte da ‘Mostra de Vivência nos Territórios’.

Para mais informações, entre em contato com a ESPP pelo telefone (41) 3342 -9818 ou pelo email espp@sesa.pr.gov.br.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.