Matérias da SESA

07/11/2017

Estado lança mutirão de órteses e próteses em Campo Mourão

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, lançou nesta terça-feira (7), em Campo Mourão, mais uma etapa do Mutirão Paranaense para o Fornecimento de Órteses e Próteses. O objetivo é atender pacientes que tem dificuldades de locomoção, audição e visão. O investimento chega a cerca de R$ 500 mil em recursos do Governo do Estado.

A expectativa é que, inicialmente, pelo menos 700 pessoas sejam contempladas. "Temos o compromisso de melhorar a qualidade de vida dos paranaenses e este mutirão é mais uma prova de que estamos no caminho certo", afirma o secretário. Segundo ele, a intenção é zerar a demanda dos 24 municípios da região.

Entre os itens que começaram a ser entregues nesta terça estão: cadeiras de rodas, cadeiras de banho, andadores, coletes cervicais, calçados ortopédicos, palmilhas especiais, órteses pélvicas, próteses mamárias, aparelhos auditivos e óculos. Todo o cadastro dos pacientes e organização do fluxo de entrega foi realizada pela prefeitura de Campo Mourão em parceira com os demais municípios da 11ª Regional de Saúde, através do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região da Comcam.

"Estamos fazendo isso em diversas regiões do Paraná e em Campo Mourão não é diferente, visto que havia uma demanda reprimida nesta região. Alguns pacientes estavam há anos aguardando por sua prótese pelo SUS e agora a espera acabou", destaca o secretário.

A aposentada Ana Wimmer dos Santos, de 71 anos, moradora de Campo Mourão, afirma que estava desde o ano passado cadastrada no SUS para receber uma palmilha especial de calçado. "De um tempo para cá comecei a sentir muitas dores ao caminhar. O médico disse que eu estava com um desgaste no calcanhar e eu precisava de uma palmilha especial. Agora que recebi, espero que as dores diminuam", revelou.

Já a aposentada Maria Carvalho de Ataíde, 75, do município de Goioerê, foi beneficiada com uma cadeira de rodas. Ela conta que por muito tempo andou com o auxílio de muletas, sobretudo após a amputação de uma de suas pernas. "Cheguei a um ponto que não consigo mais andar com muletas. A única saída era a cadeira de rodas. Por isso, dei entrada no processo no postinho de saúde e agora recebi uma novinha. É uma benção", comemorou.

Na solenidade de lançamento do mutirão, o prefeito de Campo Mourão, Tauillo Tezelli, destacou a importância de ações como esta para o bem-estar da população. Além disso, fez questão de agradecer ao governador Beto Richa pela atenção que tem dado aos municípios. "O Governo do Estado tem sido parceiro das prefeituras e quem ganha com isso é a população que tem acesso a cada vez mais serviços de saúde. Este mutirão é mais um exemplo de que a união entre Estado e municípios dá resultado", disse o prefeito.

Com a presença do secretário estadual do Esporte, Douglas Fabricio; e do deputado estadual Marcio Nunes, o secretário Caputo Neto também anunciou o credenciamento de mais 7 leitos de UTI na Central Hospitalar, unidade de referência em urgência e emergência. "Assim que toda a documentação estiver certa, vamos pagar administrativamente estes leitos até que eles sejam habilitados pelo Ministério da Saúde. Isso representa quase R$ 170 mil por mês ou R$ 2 milhões por ano que vamos bancar com recursos próprios do Estado", assegurou.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.