Matérias da SESA

10/01/2018

No Dia do Farmacêutico, Secretaria ressalta o papel do profissional na saúde pública

No Dia do Farmacêutico, secretaria ressalta o papel do profissional na saúde públicaNo Brasil, o Dia do Farmacêutico é comemorado em 20 de janeiro. A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) aproveita a data para parabenizar o trabalho dos 486 farmacêuticos que atuam na Secretaria e contribuem para melhorar a saúde dos paranaenses. Eles estão em diversas áreas como assistência farmacêutica; vigilância sanitária, epidemiológica e ambiental; regionais de saúde, laboratórios, hemorrede e hospitais.

O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, ressalta o compromisso com a saúde e reconhece a importância da profissão. “Nosso Estado tem a honra de trabalhar com farmacêuticos competentes e preparados para atender os cidadãos. Nesta data, parabenizo a todos os meus colegas de formação e agradeço pelo profissionalismo e dedicação”, enfatiza o secretário, que também é farmacêutico.

Este ano o reconhecimento da importância da profissão também será marcado pela homenagem à farmacêutica e diretora do Laboratório Central do Paraná (Lacen), Célia Fagundes Cruz. A diretora receberá o título de Honra ao Mérito Farmacêutico, em evento oficial em Brasília, no mês de março.

HOMENAGEM – Célia Fagundes se formou em Farmácia em secretaria1979. Dos 38 anos que atua na área, 29 foram dedicados ao Lacen. Ela relembra que passou em todos os setores do Laboratório antes de chegar à diretoria e foi a primeira mulher a ocupar o cargo máximo no Conselho Regional de Farmácia do Paraná.

Ao ser indicada para receber o prêmio, Célia ficou emocionada. “Todo ano um profissional de cada estado é escolhido para homenagem. É uma felicidade inexplicável saber que este ano sou eu. Quero continuar inspirando e motivando pessoas, e levando a mensagem de cuidado e atenção da farmácia”, fala a diretora.

Farmácia do Paraná atende quase 200 mil paranaenses

Cada uma das 22 Regionais de Saúde (RS) do Estado conta com uma unidade do Programa Farmácia do Paraná e garantem medicamentos gratuitos a quase 200 mil paranaenses. São tratamentos para transplantados, pacientes com hepatite, Alzheimer, Parkinson, asma, esclerose múltipla, cardiopatias, entre outras doenças.

A maior unidade da Farmácia do Paraná é a da 2a RS – Metropolitana, em Curitiba. Nessa farmácia são atendidos cerca de 32 mil paranaenses. A farmacêutica Suellen Mendes está entre os 15 farmacêuticos da equipe, é formada há quatro anos e sempre trabalhou no serviço público. “Na minha profissão nós desenvolvemos uma série de atividades que vão muito além da estocagem. Nós fazemos o primeiro contato com o paciente, orientamos e garantimos a qualidade do atendimento. É muito importante todo o investimento que ainda é realizado para termos as mais perfeitas condições de trabalho”, comenta.

sesa farmacaiCUIDADO FARMACÊUTICO – Doze farmácias do Estado já contam com o serviço de cuidado farmacêutico. Na unidade de Curitiba são três consultórios para o farmacêutico atender os usuários e orientá-los sobre o uso correto dos medicamentos, sobre a doença a ser tratada e sobre outras questões que podem interferir no resultado do tratamento.

“Com esse serviço, podemos ajudar o paciente em uma esfera global. No decorrer da evolução das Farmácias e com a criação desse espaço, temos um local adequado para ouvir os pacientes, auxiliar nas orientações e causar um grande impacto na vida e na saúde das pessoas”, explica o farmacêutico da unidade, Luís Gustavo Pedroso Corrêa.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.