Matérias da SESA

05/04/2018

Governo repassa R$ 1,1 milhão à Santa Casa de Bandeirantes para compra de tomógrafo

aaDurante visita à Santa Casa de Misericórdia de Bandeirantes, nesta quinta-feira (5), o secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, garantiu o repasse de R$ 1,1 milhão para a aquisição de um aparelho de tomografia computadorizada. Atualmente, o hospital utiliza um equipamento alugado.

“No início do Governo, estive na Santa Casa de Bandeirantes e logo identificamos que era uma instituição compromissada e que cumpre o que é pactuado. Nos colocamos à disposição não só do hospital, mas de toda a cidade e região, para qualificar ainda mais a saúde por aqui”, destaca o secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto.

A provedora do hospital, Carlota Meneghel, comemorou a futura aquisição. “Trabalhamos com um tomógrafo alugado por 18 mil reais mensais, é um aparelho antigo, que vive com problemas, gastamos muito com a manutenção e, mesmo assim, nem sempre ele está funcionando. Agora isso vai mudar”, diz.

INVESTIMENTOS – Além do recurso garantido para o tomógrafo, o Governo investiu cerca de R$ 2 milhões na obra inaugurada em 2014 e que hoje abriga 10 leitos de UTI no local. Também destinou uma série de equipamentos para estruturar o serviço. Entre os aparelhos estavam respiradores mecânicos, monitores multiparamétricos e camas especiais.

“Não recebemos apenas o tomógrafo, mas uma série de recursos que salvou vidas de moradores de Bandeirantes e também de cidades vizinhas graças aos leitos de UTI”, complementa Meneghel. Por meio do Hospsus, a Santa Casa também recebe um repasse anual de R$ 1,3 milhão para custeio do serviço.

O hospital realiza, em média, 310 internações em leitos-gerais mensalmente. Por dia, são 150 atendimentos no pronto-socorro e a taxa de ocupação da UTI chega a quase 100%. A unidade também é referência na Rede Mãe Paranaense para gestações de risco intermediário com 50 partos por mês.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.