Matérias da SESA

18/04/2018

Cuidados com a gripe devem ser redobrados com a chegada do frio

Cuidados com a gripe devem ser redobrados com a chegada do frioCom a queda brusca na temperatura, a Secretaria de Estado da Saúde orienta a população a prevenir-se contra a gripe. A higienização das mãos, uso do álcool gel, manter os ambientes bem ventilados e utilizar lenços descartáveis ou cobrir o nariz e a boca ao espirrar ou tossir são atitudes que podem diminuir o contágio.

O diretor do Centro Estadual de Epidemiologia, João Luis Crivellaro, explica que a gripe é transmitida pelo contato com gotículas espalhadas pelo ar por meio de tosse, espirro ou até mesmo a fala de pessoas que estejam contaminadas. Crivellaro também ressalta que medidas preventivas e bons hábitos de higiene e alimentares contribuem na prevenção.

“Deve-se sempre cobrir a boca ao tossir ou espirrar, lavar as mãos e usar álcool em gel para profilaxia total. Também é essencial abrir janelas e basculantes dos ambientes, principalmente em ônibus e outros meios de transportes públicos. A população, especialmente os grupos de risco, devem estar alertas e, acima de tudo, devem se imunizar a partir da próxima semana”, orienta o diretor.

VACINA – A campanha de vacinação contra a Gripe será iniciada na próxima segunda-feira (23) em todos os municípios do Estado. A estimativa é atingir 3,2 milhões de paranaenses e realizar cobertura vacinal de 90% da população em 2018.

O público- alvo é composto por pessoas com 60 anos ou mais, crianças de 6 meses a 4 anos de idade, gestantes, puérperas (mulheres em até 45 dias depois do parto), profissionais de saúde, indígenas, portadores de doenças crônicas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e professores das instituições públicas e privadas. Para receber a dose, quem faz parte do público alvo deve ir à unidade de saúde básica mais próxima

A Secretaria de Estado da Saúde divulga semanalmente o Boletim Epidemiológico da Influenza, que pode ser conferido neste link . Os números contabilizados até a última atualização nesta quarta-feira (18) totalizam 31 casos notificados no Paraná em 2018. No ano anterior, no mesmo período, o boletim tinha confirmado 26 casos.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.