Matérias da SESA

06/07/1970

Com UTI Neonatal interditada em Pato Branco, Secretaria da Saúde transfere bebês

A secretaria estadual da Saúde viabilizou a transferência de 10 bebês recém-nascidos, que precisam de internação em UTI neonatal por conta da interdição de leitos no Hospital São Lucas, de Pato Branco. A medida foi tomada nesta sexta-feira (6) para evitar a contaminação dos bebês. O próprio Hospital São Lucas interditou a UTI Neonatal por conta de suspeita de surto de bactéria multirresistente.

“Estamos acompanhando a situação no Hospital São Lucas e atuando para evitar desassistência na região. A regulação de leitos identificou a disponibilidade de vagas e os bebês já estão sendo transferidos para garantir o atendimento necessário”, disse o secretário estadual da Saúde, Antônio Carlos Nardi.

Assim que foi notificada a suspeita de surto de bactéria multirresistente, as equipes de vigilância sanitária estadual e municipal inspecionaram a ala de UTI Neonatal do São Lucas, assim como o laboratório de microbiologia, além de analisar prontuários dos bebês atendidos. Foram tomadas medidas de prevenção, contenção e controle, seguindo protocolos, sendo indicada a interdição dos leitos preventivamente.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.