Matérias da SESA

08/02/2019

Assistência Farmacêutica da SESA é considerada referência

Reunião farmáciaRepresentantes da Secretaria Municipal de Saúde de Itajaí (SC) estão conhecendo a estrutura e a organização da Assistência Farmacêutica da Secretaria da Saúde do Paraná (SESA), considerada referência nacional. A visita, de dois dias, deve servir de base para a reestruturação do mesmo serviço naquele município catarinense.

“Encontramos um processo de trabalho muito organizado”, conta a gerente de Assistência Farmacêutica de Itajaí, Elizangela Bombana. “Agora temos uma ideia de como adquirir medicamentos de forma mais eficiente, com menor gasto e também com maior agilidade, para que chegue antes ao usuário e não tenha interrupção no fornecimento,” diz.

A secretária adjunta de Itajaí, Sandra Regina Batista Ávila, diz que escolheu o Paraná porque o Estado é referência na organização do serviço farmacêutico. “Escolhemos o Paraná pelo trabalho organizado que existe na Secretaria do Estado. Como Itajaí é o maior município da nossa região, pretendemos organizar melhor o serviço de assistência farmacêutica.”

Elizangela Bombana ressalta que o Paraná se destaca pela exposição de trabalhos exitosos no SUS e na repercussão na mídia. “Esse trabalho é muito bem visto e premiado”, diz, referindo-se também à escolha do Estado, pelo Ministério da Saúde, para a realização de projetos-pilotos.

A equipe acompanhou o funcionamento do Departamento de Assistência Farmacêutica; do Centro de Medicamentos do Paraná (CEMEPAR), incluindo a estruturação logística e a distribuição de medicamentos da farmácia da 2ª Regional de Saúde (Curitiba e Região Metropolitana), que engloba o atendimento de usuários tanto na distribuição de medicamentos quanto no cuidado ao paciente, por meio das consultas farmacêuticas.
Deise Pontarolli, do Departamento de Assistência Farmacêutica, comenta que “a visita trouxe a possibilidade de trocar experiências com o município, além da oportunidade de demonstrar os resultados da organização de todos os setores.

Além da SESA, a equipe de Itajaí também conheceu a estrutura do Consórcio Paraná Saúde, que faz aquisição dos medicamentos básicos de forma centralizada.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.