Matérias da SESA

14/03/2019

Paraná segue em alerta contra a febre amarela

FAO boletim epidemiológico semanal divulgado hoje pela Secretaria Estadual da Saúde (SESA) não registra novos casos de febre amarela, mas o Paraná segue em alerta com 8 casos confirmados da doença, incluindo uma morte.
“A nossa recomendação é para que a população busque uma unidade de saúde mais próxima da sua casa e tome a vacina contra a doença, que está disponível nos 399 municípios”, alerta o secretário de Saúde do Paraná, Beto Preto. Ele destaca a preocupação com algumas pessoas que não querem se vacinar. “A vacina é segura é a única forma eficaz de proteger a população”

O número de casos já investigados e descartados aumentou da semana passada para cá: eram 129 e agora são 137 casos descartados.
Continuam em investigação 59 notificações. Os municípios com mais notificações são Paranaguá, Curitiba e São José dos Pinhais.

A SESA segue com as ações de combate a febre amarela em todo Paraná. De janeiro até agora foram aplicadas cerca de 300 mil doses da vacina.

“A vacina leva 10 dias para conferir a proteção”, informa a superintendente de Vigilância em Saúde, Acácia Nasr, “portanto recomendamos que todos procurem o serviço de saúde para a imunização, devem receber a vacina pessoas entre 9 meses e 59 anos”, afirmou.

Os parques estaduais também estão sob alerta, pois são consideradas áreas de risco de circulação viral. “Quem for visitar essas unidades de conservação deve estar vacinado”, reforça a superintendente.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.