Matérias da SESA

05/04/2019

SESA promove Seminário Estadual sobre Influenza

Seminario_InfluenzaA Secretaria da Saúde do Paraná promoveu hoje (05) o VIII Seminário Estadual de Influenza e Síndromes Respiratórias Agudas. O evento, realizado
no Auditório da SESA, reuniu gestores e profissionais de saúde que vão atuar na 21ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que acontecerá entre 10 de abril a 31 de maio, além de representantes da ANVISA, da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba, da Fundação Oswaldo Cruz, do Conselho Regional de Enfermagem do Paraná e do Conselho Estadual de Saúde. Também participaram, por vídeoconferência, representantes das 22 Regionais de Saúde.
O diretor geral da SESA, Nestor Werner Junior, explicou que o Paraná já está preparado e mobilizado para a campanha. “As equipes da Secretaria estão em constante capacitação e já está tudo organizado para esta grande ação de imunização. Recebemos do Ministério da Saúde 25% das doses destinadas ao estado e distribuímos nas Regionais”, afirmou.

“Nosso objetivo é chegar até o final de maio com 90% do público-alvo vacinado e por isso reforçamos hoje as informações e a mobilização de toda nossa equipe”, disse a superintendente de Atenção à Saúde da SESA, Maria Goretti David Lopes.

A Campanha Nacional terá duas fases: a primeira será de 10 a 19 de abril, para a vacinação de crianças de 6 meses até 5 anos, gestantes e puérperas; e a segunda, de 22 de abril até o final de maio, ampliando imunização para todos os grupos. No dia 4 de maio será o Dia Nacional de Mobilização.

Ministério da Saúde – “É muito importante esta iniciativa do Paraná de alinhamento de informações nos dias que antecedem a vacinação”, disse Walquíria Ferreira Almeida, do Grupo Técnico da Influenza do Ministério da Saúde.
Segundo ela, os casos de síndromes respiratórias e óbitos por gripe já começaram a aparecer no Brasil, principalmente na região Amazônica. “Por isso a importância de uma grande mobilização e sensibilização da população sobre a necessidade de receber a dose da vacina. O Brasil já produziu 64 milhões de doses para atender a rede do SUS. No total o Paraná receberá 3 milhões e 300 mil doses”, destacou.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.