Matérias da SESA

15/05/2019

Sesa apresenta plano de gestão a equipes do Noroeste

PGRepresentantes da Secretaria Estadual de Saúde (Sesa) apresentaram em Maringá o Plano Regional Integrado (PRI) para as equipes de gestão das regionais de saúde da macrorregião Noroeste. A organização do evento é da 15ª Regional de Saúde, sediada em Maringá, com apoio logístico do Hospital Universitário Regional de Maringá (HUM).

“O Plano Regional Integrado é um instrumento de apoio que expressa as responsabilidades dos gestores em relação à saúde da população e apresenta diretrizes, objetivos, metas e ações para a garantia do acesso aos serviços da Rede de Atenção à Saúde”, afirma a superintendente de Vigilância em Saúde da Sesa, Acácia Nasr.

O evento reúne cerca de 60 pessoas das regionais de Campo Mourão (11ª), Umuarama (12ª), Cianorte (13ª) e Paranavaí (14ª). A aplicação do Plano Regional tem acompanhamento da Comissão de Intergestores Bipartite, formada por representantes do governo do Estado e dos municípios.

“Estamos apresentando o processo de organização do SUS, que tem como norteador o Plano Regional Integrado e formaliza uma pactuação entre estados, municípios e o Ministério da Saúde”, disse a secretária executiva de Integração Bipartite da Sesa, Liliam Brandalise.

A responsável pelo Núcleo de Gestão Estratégica da secretaria, Maria Leonor Fanini Paulini, também explicou que o Plano analisa a situação da saúde da população da região quanto aos riscos de adoecimentos, segundo critérios epidemiológicos, demográficos, socioeconômicos e culturais.

“Este documento organiza a gestão da saúde desde a atenção primária, que é a base dos princípios da rede de saúde, até a atenção terciária, de alta complexidade”, completa Maria Leonor.

Integração - Participam do evento diretores e membros da equipe técnica dos setores de gestão das regionais. A superintendente do HUM, Elisabete Kobayashi, destacou a importância dos processos que estão sendo discutidos no PRI. “Acredito que esse planejamento poderá trazer benefícios futuros para o nosso hospital, que faz parte desta rede”, disse.

Segundo o diretor da 15ª, Ederlei Alkamim, a integração dos municípios fortalece o sistema de saúde da macrorregião. “Somos referência em aspectos de destaque, como a regulação de leitos e na área de captação de órgãos”.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.