Matérias da SESA

25/03/2020

Secretaria da Saúde do Paraná reforça orientações aos municípios sobre enfrentamento do coronavírus

O secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto, reforçou nesta quarta-feira (25) a orientação de que todas as medidas adotadas pelo Governo do Estado para o enfrentamento do coronavírus estão mantidas.

A afirmação foi destacada em vídeoconferência para diretores das 22 Regionais de Saúde do Estado, com a presença do presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde do Paraná, Carlos Andrade, e com a participação de cerca de 140 secretários Municipais de saúde.

Beto Preto salientou a importância dos Planos de Contingência Municipais para o coronavírus. “Teremos pelo menos mais 120 dias de pico de enfrentamento do coronavírus e os planos municipais de contingenciamento são fundamentais; além de assegurar a aplicação de medidas preventivas para a população, comprovam a utilização correta de recursos por parte dos gestores”.

Segundo o secretário, os recursos repassados pelo Governo Federal aos Fundos de Saúde Estadual e Municipais, pelas portarias 395 e 480 do Ministério da Saúde deste mês e que somam mais de R$ 55 milhões, devem ser direcionados para o enfrentamento da pandemia. “O Governo do Paraná, confirmando sua atuação municipalista, fará a implantação de novos leitos de UTI em hospitais da rede, de atendimento à doença. Já os municípios devem aplicar na aquisição de equipamentos de proteção individual e outros insumos direcionados ao enfrentamento do corona”.

“O momento é de diálogo e de respeito e vamos seguir a nossa premissa de transparência nas ações”, afirmou o secretário.

O presidente do Cosems, Carlos Andrade, também reforçou a necessidade dos municípios estarem com seus planos de contingência definidos e aprovados. “Entendemos que esta é uma ação que precisa do empenho de todos”, disse.

Vacinação – Durante a videoconferência, o secretário Beto Preto reforçou ainda a importância da Campanha Nacional de Imunização contra a Influenza. “Amanhã deveremos receber novo lote de vacinas do Ministério da Saúde e assim que estas doses chegarem na nossa base central, serão imediatamente enviadas às Regionais de Saúde para a distribuição aos municípios. Já distribuímos cerca de 800 mil doses; amanhã a previsão é de entregarmos mais de 300 mil e, até o final da campanha, serão cerca de 3,8 milhões de doses no Paraná”, afirmou Beto Preto.

Sobre a campanha de vacinação contra a gripe, o presidente do Cosems destacou a participação dos municípios, que vacinaram apenas nos dois primeiros dias o equivalente a 30 dias em campanhas anteriores. “Pedimos a compreensão dos municípios no caso da distribuição das doses, pois estamos acompanhando o envio em todo Estado”.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.