Boletim mostra 808 casos de sarampo confirmados
30/01/2020 - 10:30

Sarampo_arte
São 21 casos confirmados nesta última semana. Concentração de ocorrências segue em Curitiba e com pacientes entre 20 e 29 anos. Vacina é a única forma de prevenção.

No informe epidemiológico do sarampo publicado nesta quinta-feira (30) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) constam 808 casos da doença desde o primeiro paciente confirmado em agosto de 2019. Curitiba e Região Metropolitana concentram 728 registros, o que representa 90% do total de casos de sarampo.

“O sarampo é uma realidade que se instalou em nosso Estado depois de 20 anos após a baixa da cobertura vacinal. Vamos eliminar novamente essa patologia com a vacina, por isso, peço pensem nos filhos, nos sobrinhos e na sua família e procure uma unidade de saúde para atualizar a sua carteira de vacinação”, lembrou Beto Preto.

A maior parte dos casos tem faixa de idade entre 20 e 29 anos, são 424 ocorrências. Os números mostram que estiveram ou estão com a doença: 14 crianças com idade entre 0 a seis meses; 17 de seis a 12 meses; 10 de um a quatro anos; três de cinco a 9 anos; 208 de 10 a 19 anos; 89 de 30 a 39 anos; 31 de 40 a 49 anos; 12 de 50 a 59 anos. O boletim com informações mais detalhadas pode ser acessa pelo link: http://xoops.celepar.parana/migracao/sesa_saude/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=3473

VACINA – O esquema vacinal do Ministério da Saúde recomenda que a população com idade entre um a 29 anos deve receber duas doses da vacina tríplice viral e de 30 a 49 anos, uma dose. As crianças que têm entre seis meses e 11 meses e 29 dias também devem ser vacinadas. Mais informações sobre o calendário de vacinação podem ser acessadas pelo link:
http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/vacinacao/calendario-vacinacao

Quarenta e duas cidades paranaenses estão em surto por causa do sarampo, considerando que o Ministério da Saúde classifica como situação de “surto ativo” todo município em que tenha ao menos um caso de sarampo confirmado. Municípios e quantidade de casos no Paraná:

Curitiba e outros 19 municípios, que integram a 2ª Regional de Saúde (RS Metropolitana), somam 808 pacientes com sarampo:
Curitiba: 459
Almirante Tamandaré: 20
Araucária: 9
Balsa Nova: 2
Campina Grande do Sul: 6
Campo do Tenente: 3
Campo Largo: 26
Campo Magro: 10
Colombo: 59
Fazenda Rio Grande: 11
Itaperuçu: 1
Lapa: 2
Mandirituba: 1
Pinhais: 31
Piraquara: 18
Quatro Barras: 3
Quitandinha: 1
Rio Branco do Sul: 8
Rio Negro: 1
São José dos Pinhais: 31

No litoral do Estado, que integra a 1ª Regional de Saúde (RS Paranaguá), há 6 registros em 3 municípios:
Antonina: 1
Matinhos: 1
Paranaguá: 4

No interior há casos:
3ª Regional de Saúde (RS Ponta Grossa), são 3 casos em 2 municípios:
Castro: 2
Ponta Grossa: 1

4ª Regional de Saúde (RS Irati), confirmados 11 casos em 4 cidades:
Inácio Martins: 1
Irati: 5
Mallet: 4
Rio Azul: 1

5ª Regional de Saúde: não há casos confirmados.

6ª Regional de Saúde (RS União da Vitória), tem 28 registros em 5 municípios:
Cruz Machado: 3
General Carneiro: 1
Paula Freitas: 5
São Mateus do Sul: 1
União da Vitória: 18

7ª, 8ª, 9ª, 10ª, 11ª, 12ª, 13ª e 14ª regionais de Saúde: não confirmação de casos de sarampo.

15ª Regional de Saúde (RS Maringá), foram confirmados 7 casos em 2 municípios):
Maringá: 3
Sarandi: 4

16ª Regional de Saúde (RS Apucarana): não há casos confirmados.

17ª Regional de Saúde (RS Londrina), há 9 confirmações em 2 cidades:
Londrina: 8
Rolândia: 1

19ª Regional de Saúde (RS Jacarezinho), são 12 casos em 2 municípios:
Carlópolis: 6
Jacarezinho: 6

20ª Regional de Saúde (RS Toledo), tem 4 casos confirmados em 2 cidades:
Marechal Cândido Rondon: 1
Toledo: 3

21ª e 22ª regionais não há registro de casos confirmados.

A 11ª RS de Campo Mourão e 18ª RS de Cornélio Procópio seguem sem notificação de casos de sarampo, ou seja, não existem pacientes em investigação nem confirmações.
São 21 casos confimados nesta última semana. Concentração de ocorrências segue em Curitiba e com pacientes com idade entre 20 e 29 anos. Vacina é a única forma de prevenção.

No informe epidemiológico do sarampo publicado nesta quinta-feira (30) pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) constam 808 casos da doença desde o primeiro paciente confirmado em agosto de 2019. Curitiba e Região Metropolitana concentram 728 registros, o que representa 90% do total de casos de sarampo.

“O sarampo é uma realidade que se instalou em nosso Estado depois de 20 anos após a baixa da cobertura vacinal. Vamos eliminar novamente essa patologia com a vacina, por isso, peço pensem nos filhos, nos sobrinhos e na sua família e procure uma unidade de saúde para atualizar a sua carteira de vacinação”, lembrou Beto Preto.

A maior parte dos casos tem faixa de idade entre 20 e 29 anos, são 424 ocorrências. Os números mostram que estiveram ou estão com a doença: 14 crianças com idade entre 0 a seis meses; 17 de seis a 12 meses; 10 de um a quatro anos; três de cinco a 9 anos; 208 de 10 a 19 anos; 89 de 30 a 39 anos; 31 de 40 a 49 anos; 12 de 50 a 59 anos.

VACINA – O esquema vacinal do Ministério da Saúde recomenda que a população com idade entre um a 29 anos deve receber duas doses da vacina tríplice viral e de 30 a 49 anos, uma dose. As crianças que têm entre seis meses e 11 meses e 29 dias também devem ser vacinadas. Mais informações sobre o calendário de vacinação podem ser acessadas pelo link:
http://www.saude.gov.br/saude-de-a-z/vacinacao/calendario-vacinacao

Quarenta e uma cidades paranaenses estão em surto por causa do sarampo, considerando que o Ministério da Saúde classifica como situação de “surto ativo” todo município em que tenha ao menos um caso de sarampo confirmado. Municípios e quantidade de casos no Paraná:
Curitiba e outros 19 municípios, que integram a 2ª Regional de Saúde (RS Metropolitana), somam 808 pacientes com sarampo:
Curitiba: 459
Almirante Tamandaré: 20
Araucária: 9
Balsa Nova: 2
Campina Grande do Sul: 6
Campo do Tenente: 3
Campo Largo: 26
Campo Magro: 10
Colombo: 59
Fazenda Rio Grande: 11
Itaperuçu: 1
Lapa: 2
Mandirituba: 1
Pinhais: 31
Piraquara: 18
Quatro Barras: 3
Quitandinha: 1
Rio Branco do Sul: 8
Rio Negro: 1
São José dos Pinhais: 31

No litoral do Estado, que integra a 1ª Regional de Saúde (RS Paranaguá), há 6 registros em 3 municípios:
Antonina: 1
Matinhos: 1
Paranaguá: 4

No interior há casos:
3ª Regional de Saúde (RS Ponta Grossa), são 3 casos em 2 municípios:
Castro: 2
Ponta Grossa: 1

4ª Regional de Saúde (RS Irati), confirmados 11 casos em 4 cidades:
Inácio Martins: 1
Irati: 5
Mallet: 4
Rio Azul: 1

5ª Regional de Saúde: não há casos confirmados.

6ª Regional de Saúde (RS União da Vitória), tem 28 registros em 5 municípios:
Cruz Machado: 3
General Carneiro: 1
Paula Freitas: 5
São Mateus do Sul: 1
União da Vitória: 18

7ª, 8ª, 9ª, 10ª, 11ª, 12ª, 13ª e 14ª regionais de Saúde: não confirmação de casos de sarampo.

15ª Regional de Saúde (RS Maringá), foram confirmados 7 casos em 2 municípios):
Maringá: 3
Sarandi: 4

16ª Regional de Saúde (RS Apucarana): não há casos confirmados.

17ª Regional de Saúde (RS Londrina), há 9 confirmações em 2 cidades:
Londrina: 8
Rolândia: 1

19ª Regional de Saúde (RS Jacarezinho), são 12 casos em 2 municípios:
Carlópolis: 6
Jacarezinho: 6

20ª Regional de Saúde (RS Toledo), tem 4 casos confirmados em 2 cidades:
Marechal Cândido Rondon: 1
Toledo: 3

21ª e 22ª regionais não há registro de casos confirmados.

A 11ª RS de Campo Mourão e 18ª RS de Cornélio Procópio seguem sem notificação de casos de sarampo, ou seja, não existem pacientes em investigação nem confirmações.