Caminhoneiros recebem vacina contra a gripe no Porto de Paranaguá
23/04/2020 - 14:00

Caminhoneiros recebem  vacina contra a gripe no Porto de Paranaguá
A Secretaria da Saúde do Paraná realiza hoje (23) e amanhã a vacinação contra a gripe para caminhoneiros em trânsito no Porto de Paranaguá.

A ação acontece com o apoio da 1ª. Regional de Saúde de Parananguá, Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest-Senat), Conselho Regional de Enfermagem do Paraná (Coren/PR), Portos de Paranaguá e secretaria municipal de Saúde de Paranaguá.

Nesta segunda fase da campanha nacional da vacinação contra a gripe, além do caminhoneiros, a prioridade é para a imunização de profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, povos indígenas, motoristas de transporte coletivo e portuários. Os portuários receberão a dose na próxima semana.

“A meta é atingirmos 90% da população-alvo, destacando sempre que a vacina contra a gripe é segura”, afirma o secretário da Saúde, Beto Preto. “Esta vacina não imuniza contra o coronavírus, mas se protegendo contra a Influenza a pessoa reduz as chances de infecções mais graves e internações pelos vírus da gripe”, complementa o secretário.

Estratégia – Para a vacinação dos caminhoneiros e motoristas, a Sesa fez parceria com o Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest-Senat), Polícia Rodoviária e postos de combustíveis com bandeira Shell e os municípios podem contar com apoio destas instituições e empresa para ampliação da vacinação.

Para esta fase da campanha que se estenderá até o dia 9 de maio, a Sesa distribuiu para as 22 Regionais de Saúde cerca de 1 milhão de doses da vacina. “Temos vacina suficiente para o público estabelecido pelo Ministério da Saúde e recomendamos que as secretarias municipais realizem ações de vacinação, como esta de hoje no Porto de Paranaguá, e promovam parcerias com escolas, igrejas, centros sociais e outras instituições para imunizarmos o maior número possível de paranaenses”, disse o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto.

Na primeira fase da Campanha Nacional de Imunização contra a Influenza o estado vacinou 1,420 milhão de pessoas, entre trabalhadores da área da saúde e idosos.

GALERIA DE IMAGENS