Dia Mundial sem Tabaco alerta sobre saúde pulmonar
31/05/2019 - 16:30

tabagismo
A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba, o Hospital Erasto Gaertner e as sociedades brasileiras de Ortopedia e Traumatologia, Cardiologia, Pneumologia e Pediatria, realizaram na manhã desta sexta-feira (31) na Boca Maldita, no centro de Curitiba, um evento para marcar o Dia Mundial Sem Tabaco.

Equipes da Sesa fizeram ações de educação em saúde para a prevenção do tabagismo e distribuição de material informativo, e ofereceram testes de glicemia e pressão arterial aos interessados.
O tabagismo é um grave problema de saúde pública, fator de risco para o desenvolvimento de diversas doenças crônicas como câncer, doenças pulmonares e doenças cardiovasculares. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o uso do tabaco é a principal causa de morte evitável no mundo.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), 428 pessoas morrem a cada dia no Brasil por causa do tabagismo. Conforme dados do Inca, 12,6% de todas as mortes registradas no país podem ser atribuídas ao fumo. Ao todo, 156.216 mortes poderiam ser evitadas todos os anos caso o uso do tabaco fosse eliminado.

A OMS estima que no Brasil despesas médicas e perda de produtividade causadas pelo fumo custem ao país R$ 56,9 bilhões a cada ano.
O tema escolhido para a campanha de 2019 foi “Tabaco e saúde pulmonar”. A proposta é alertar sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo e o impacto negativo que o uso do tabaco e a exposição ao fumo passivo exercem sobre a saúde pulmonar, do câncer à doença respiratória crônica.

Uma das principais funções dos profissionais de saúde é alertar sobre os efeitos nocivos que alguns hábitos podem proporcionar à vida das pessoas. O habito de fumar é, com certeza, um dos que mais traz danos à saúde. Queremos conscientizar a população sobre os efeitos nocivos do cigarro e oferecer ajuda para quem deseja parar de fumar”, alerta a diretora de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti Lopes.

A campanha do Dia Mundial Sem Tabaco, criado em 1987 pela OMS, “é uma oportunidade anual para aumentar a conscientização sobre os efeitos nocivos e mortais do uso do tabaco e da exposição ao fumo passivo, e para desencorajar o uso do tabaco,” reforça a diretora.

A Sesa apoia e oferece capacitação às Secretarias Municipais para a formação de grupos de apoio aos usuários que estão no processo de parar de fumar. No ano passado, 12.716 pessoas procuram unidades de saúde para receber ajuda e parar de fumar.

GALERIA DE IMAGENS