IBMP recebe mais de 418 mil swab’s para testes da Covid-19 da Copel
01/06/2020 - 19:00

Dando continuidade à doação de kit’s para testagem da Covid-19, a Copel enviou mais de 418 mil swab’s (cotonete estéril que serve para coleta de exames) nesta segunda-feira (1º) para repasse ao Instituto de Biologia Molecular do Paraná (IBMP). Os insumos poderão ser utilizados em mais de 140 mil coletas.

Os materiais fazem parte do investimento de R$ 5 milhões da companhia, direcionados ao enfrentamento da doença no Paraná. “Isso tudo faz parte de um processo de democratização da chegada dos exames até a nossa população. Estamos fazendo aquisições, visando facilitar a chegada dos insumos para que todos os municípios possam receber a quantidade necessária e realizem a coleta no maior número de pessoas”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

“Vamos continuar testando, continuar fazendo esse diagnóstico de exclusão. Estamos trabalhando nesta linha, por determinação do Governo do Estado, do governador Ratinho Junior, aumentaremos os testes, por isso vamos trabalhar nisso para atendermos todo o território paranaense”, acrescentou o secretário.

LACEN – A diretora-geral do Lacen, Célia Fagundes Cruz, explica como é realizada a divisão de testagem entre o Lacen e o IBMP. “O Instituto possui um equipamento diferenciado, atuando como grande centro de testagens, e o Lacen realiza pesquisas de várias doenças de uma forma mais dirigida, além do Sars-CoV-2, o Lacen pesquisa outros vírus que são causadores de doenças respiratórias, por isso as amostras de casos graves, óbitos e provindas das unidades Sentinelas – que fazem a avaliação de quais vírus estão circulando – são feitas pelo laboratório, já as amostras enviadas aos IBMP são aquelas para pesquisa somente da Covid-19”, disse.

SOLIDARIEDADE – Na última quinta-feira (28), a Copel repassou a primeira parte dos 200 mil kits para coleta dos testes RT-PCR ao IBMP. A doação contribui para que um maior número de pessoas sejam testadas no Estado.

“A Copel teve a iniciativa de fazer a doação e a Sesa fez a orientação e ajudou apontando qual era a necessidade no Estado neste momento. A companhia ainda está pensando em aumentar a doação com a questão da fatura digital e o débito em conta”, disse o diretor-geral da Sesa, Nestor Werner Junior.

A Copel lançou recentemente a campanha “Fatura Solidária”, que estimula o engajamento dos clientes dos serviços de energia elétrica e internet fornecidos pela empresa, e contribui para a campanha de arrecadação de fundos para auxiliar no combate à pandemia da Covid-19. A cada nova adoção da fatura digital, a Copel destinará R$ 2 ao projeto social, e cada nova adesão ao débito automático gerará doação de R$3, sem nenhum custo para os consumidores. Isso vale também para os clientes da Copel Telecom.

“Pretendemos fazer esses 200 mil testes entre 60 e 90 dias, ampliando a capacidade de detecção da doença, entendimento de onde está localizada, diagnóstico e de correto isolamento das pessoas já confirmadas com o vírus. Isso ajuda no enfrentamento, pode representar uma diminuição no número de casos pela não contaminação das pessoas corretamente isoladas”, finalizou o diretor.

 

GALERIA DE IMAGENS