Paraná faz parte de pesquisa nacional sobre nutrição infantil
27/05/2019 - 17:30

ENANI
Dez municípios do Paraná estão incluídos em pesquisa nacional encomendada pelo Ministério da Saúde e em desenvolvimento pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Trata-se do Estudo Nacional de Alimentação e Nutrição Infantil (Enani), que está coletando dados em todo o país para avaliar a saúde e o estado nutricional de crianças de até 5 anos.

O objetivo do estudo é obter dados inéditos sobre o crescimento e o desenvolvimento infantil para compor um retrato da nutrição infantil no Brasil que possa subsidiar a elaboração de políticas públicas na área de saúde e nutrição.

Pesquisadores da UFRJ percorrerão 1.200 domicílios nas cidades de Araucária, Colombo, Curitiba, Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Maringá, Pinhais, Ponta Grossa e São José dos Pinhais. A coleta de dados teve início nesta semana e segue até o mês de julho. A seleção dos municípios, dos bairros e casas para as entrevistas segue critérios de representatividade regional e amostragem probabilística.

PESQUISA - A Sesa apóia a realização do estudo que vai coletar informações detalhadas sobre hábitos alimentares, peso e altura das crianças. Também serão realizados exames de sangue nos participantes com mais de seis meses de vida e o mapeamento sanguíneo de 14 micronutrientes, como os minerais zinco e selênio e vitaminas do complexo B.

A pesquisa busca ainda informações sobre amamentação, doação de leite humano, consumo de suplementos de vitaminas e minerais e condições sociais da família. Ao todo, 15 mil famílias serão visitadas pelos pesquisadores do Enani, em 123 municípios brasileiros.

METODOLOGIA - As visitas domiciliares do Enani são realizadas por 26 pesquisadores de campo identificados com camisas e crachás contendo o nome e a fotografia do entrevistador, além do logotipo do Ministério da Saúde. Os dados informados são sigilosos e, em hipótese alguma, os nomes das crianças ou dos seus responsáveis serão identificados.

A participação é voluntária. No início da pesquisa, o entrevistador explica todos os procedimentos e entrega aos participantes um Termo de Consentimento Livre e Esclarecido.

O Manual de Quantificação Alimentar Infantil utilizado no estudo foi desenvolvido pela Universidade Federal do Paraná. A realização da pesquisa segue rigorosa metodologia científica e foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da UFRJ.