Resultados da Saúde são apresentados na Assembleia Legislativa
20/03/2019 - 17:00

Sec.
O Secretário de Estado da Saúde do Paraná, Beto Preto participou hoje (20) da audiência pública para a apresentação do relatório de gestão da SESA relativo ao terceiro quadrimestre de 2018, por proposição da Comissão de Saúde Pública da Assembleia Legislativa do Paraná. A apresentação do relatório sobre as contas e atividades da SESA acontece em cumprimento à Lei Complementar Federal 141/2012.
“A apresentação dos dados referentes ao último quadrimestre de 2018 é um momento obrigatório. A cada quatro meses os gestores têm que demonstrar não apenas a questão financeira, mas também os assuntos relacionados aos atendimentos, assistências, internações hospitalares e demais serviços que são prestados no âmbito da Secretária. Esses números ainda não são da nossa gestão, mas em nome do Governo do Estado, em nome do Governador Ratinho viemos fazer essa prestação de contas com muito respeito a todos”, disse o secretário.
Na audiência o secretário explicou que a SESA vai investir na descentralização da saúde pública por meio das ações de regionalização do atendimento básico e especializado à população nos próximos quatro anos. “É uma determinação do nosso governador que toda a nossa equipe está empenhada. Precisamos diminuir esse trânsito de pacientes, que muitas vezes saem do interior do estado para vir à capital, ou para a região metropolitana de Curitiba, para fazer uma simples consulta médica”.
Números – Durante quase duas horas, o secretário, juntamente com o diretor-geral da secretaria, Nestor Werner Junior, mostrou que o estado do Paraná, ao longo do ano de 2018, aplicou 12,17% da previsão orçamentária, superando a meta constitucional de investir, no mínimo, 12%. Dentre os números apresentados no relatório, Beto Preto destacou o trabalho realizado pelo Sistema de Transplantes do Paraná, que em 2018 realizou 949 transplantes, registrando um índice de 50,9 doações de órgãos por milhão de população. Este resultado, de acordo com a SESA, é três vezes maior do que a média brasileira.
Participaram da audiência pública os deputados Dr. Batista (PMN), presidente da Comissão de Saúde Pública da Alep, Michele Caputo (PSDB), Arilson Chiorato (PT), Marcio Pacheco (PDT) e Reichembach (PSC), além de gestores da SESA e demais convidados.

GALERIA DE IMAGENS