Saúde do trabalhador rural é discutida com entidades e Regionais em videoconferência
30/08/2019 - 11:30

video
A Secretaria de Estado da Saúde e o Centro Estadual de Saúde do Trabalhador (Cest) realizaram uma videoconferência com enfoque para a atividade rural nesta sexta-feira (30).

O secretário Beto Preto abriu o encontro, que envolveu as Regionais de Saúde, e destacou a importância da discussão, especialmente pela vocação e a relevância do Paraná  na produção agrícola. "Fundamental este debate. Sou médico do trabalho e sei o quanto é necessário estimularmos cuidados de saúde daquele paranaense que está no campo. Vamos implementar este assunto, inclusive com a participação dos municípios, com enfoque na atenção primária, até mesmo neste momento de construção do nosso Planejamento Regional Integrado".

A videoconferência tratou de medidas de prevenção e proteção aos trabalhadores de silos e armazéns gerais, evitando, por exemplo, explosões e incêndios em secadores de cereais e acidentes com máquinas e equipamentos agrícolas.

No Estado, o número de acidentes de trabalho graves no meio rural dos últimos 12 anos foi de 4.835, com 302 óbitos no período, sendo 24 deles em silos. A vigilância constante destes processos, tendo como objetivos a orientação e sensibilização de gestores e trabalhadores nas melhores práticas, com o intuito de mitigar os riscos de acidentes.

A diretora de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti David Lopes, disse que a Sesa quer integrar as ações de saúde. "Queremos repassar esses conhecimentos para todas as equipes das regionais de saúde e que elas possam trabalhar com os municípios nestas diretrizes, para que possam integrar e olhar o usuário que chega à nossa unidade como um trabalhador”.

O Cest é um centro de referência para o desenvolvimento da política de saúde do trabalhador do Paraná e tem por objetivo organizar a atenção integral à saúde do trabalhador no âmbito do SUS no Estado, com ações na atenção básica, média e alta complexidade e de vigilância à saúde, apoiando e incentivando os municípios para o desenvolvimento destas ações, com garantia de participação do controle social em todas as etapas.