Secretário libera R$ 15 milhões para programas e serviços de saúde do Estado
18/07/2019 - 11:30

ASS

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, assinou uma série de repasses financeiros destinados a diferentes tipos de programas e serviços de saúde do Paraná, garantindo assim a manutenção em dia dos pagamentos e compromissos assumidos pela gestão.

Somente para a Rede de Atenção às Urgências foram mais de R$ 7,6 milhões, e R$ 4,5 milhões do repasse mensal de custeio do Programa de Qualificação e Atenção Primária à Saúde (APSUS), referentes aos serviços prestados do Mãe Paranaense.

“Estamos mantendo os serviços e programas, liberando recursos para importantes ações do governo em saúde. Com isso, conseguimos injetar valores significativos em diferentes áreas”, afirmou Beto Preto.

A Secretaria da Saúde também autorizou recursos do Fundo Estadual de Saúde para os Fundos Municipais de Saúde do Estado do Paraná, destinado ao Incentivo Financeiro Estadual de Custeio ao Programa de Apoio e Qualificação de Hospitais Públicos e Filantrópicos do Sistema Único de Saúde (SUS) Paraná – HOSPSUS Fase III.

No total foram R$1,9 milhão. Os Fundos Municipais de Saúde de 82 municípios estão habilitados a receber o repasse financeiro, que varia de R$ 9 a R$ 60 mil cada.

Rede Cegonha – O programa Rede Cegonha no Paraná recebe R$1,4 milhão, destinados ao pagamento dos serviços de assistência hospitalar e ambulatorial. São 14 estabelecimentos de saúde com direito ao repasse. A Rede Cegonha é uma iniciativa do Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do Ministério da Saúde (MS), e consiste numa rede de cuidados para garantir o atendimento de qualidade, seguro e humanizado para todas as mulheres.

O objetivo ainda é assegurar o direito ao planejamento familiar, desde os momentos de confirmação da gravidez, do pré-natal, do parto e do puerpério (resguardo/quarentena). O programa também abrange a atenção à criança e o direito ao nascimento seguro, crescimento e desenvolvimento saudáveis.