Árvore da Vida: uma experiência que dá frutos na região de Paranavaí
24/07/2019 - 14:50

ARVORE
O projeto “Árvore da Vida” recebeu dois prêmios recentemente na 5ª Mostra Paranaense de Pesquisas do Instituto de Estudos em Saúde Coletiva, no eixo Informação, Comunicação e Direito à Saúde.

Os dois trabalhos envolvem profissionais da 14ª Regional de Saúde de Paranavaí e foram desenvolvidos a partir da criação de painéis artesanais como forma de interagir com a população. A imagem do um tronco de uma árvore foi utilizada para inserir o nome dos usuários participantes de vários programas da rede de saúde pública, simbolizando a saúde e a vida.

Inicialmente a Árvore da Vida foi usada no Outubro Rosa, quando mulheres em tratamento do câncer de mama complementaram a imagem com laços coloridos.

A proposta do painel foi bem acolhida e hoje serve de referência regional para mensurar a participação do público alvo e os efeitos alcançados em trabalhos realizados pela regional de Paranavaí. Este projeto foi o segundo colocado na Mostra do Inesco no início deste mês.

Crianças - O projeto vencedor na categoria é um desdobramento da Árvore da Vida e foi desenvolvido em parceria, pela equipe da 14ª Regional de Saúde de Paranavaí e Secretaria Municipal da Saúde de Amaporã, para interagir com as crianças no momento da vacinação.

“Criamos uma atividade lúdica tornando a criança protagonista da ação e trazendo como elemento de integração a árvore”, explica a auxiliar de saúde da Regional e autora do projeto premiado em 1º lugar na categoria, Maria da Penha Francisco.

Foi montado um grande painel na sala municipal de imunização com o desenho do tronco de uma árvore e, cada criança vacinada, recebeu um adesivo em formato de folha para ser afixado à composição.

“Ao inserir a criança nesta construção, a ideia foi relacionar a vacina como experiência positiva para a saúde, pois a árvore é um símbolo utilizado em várias culturas e religiões como sinal de fecundidade, nutrição, abundância, crescimento, vitalidade, equilíbrio”, comenta Maria da Penha.

“O projeto deu tão certo, que começamos com um tronco de árvore no painel e terminamos com dois, repletos de nomes”, destaca.

O formato da folha também remete à gota da vacina, outro símbolo de campanhas nacionais de imunização.

Segundo a fundamentação teórica do projeto “a vacinação tem ocupado lugar de destaque entre os instrumentos de saúde pública usada para assegurar proteção”.

A Secretaria Municipal de Saúde de Amaporã, que participou do projeto com 3 profissionais que atuam na área, também segue usando a Árvore da Vida em outras ações. “Estratégias simples, mas que visam a inserção da pessoa como protagonista da sua história se tornam cada vez mais necessárias no campo da prevenção em saúde pública. Já estamos utilizando a temática junto às gestantes durante o Pré-Natal”, reforça Lucimara Marques de Souza Enfermeira e Secretária Municipal de Saúde de Amaporã e uma das co-autoras do projeto.

Amaporã, na região de Paranavaí, tem 6.181 habitantes. Participaram do projeto Árvore da Vida na Imunização cerca de 300 crianças.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias