Dia Nacional da Saúde e da Vigilância Sanitária
04/08/2020 - 17:29

Data marca homenagem ao nascimento de Oswaldo Cruz.

A organização da sociedade divide em grandes áreas o conhecimento e todos os aspectos da rotina das populações. Mas uma dessas áreas é essencial e permeia todas as demais: é a área da saúde.

A saúde envolve a vida, envolve a economia, ambiente, educação, segurança e tantos outros temas que completam a vida. As doenças já descobertas, as curas já desenvolvidas e a constante busca pelo bem-estar são ocorrências que movem nações e países em estudos e pesquisas.

No Brasil a data instituída em 8 de novembro de 1971, pelo decreto de lei nº 5352, determinou como 5 de agosto o dia para ser dedicado à conscientização da população sobre o valor da saúde, é o Dia Nacional da Saúde. O dia foi escolhido como forma de homenagem ao nascimento do médico Oswaldo Cruz.

De acordo com o secretário da Saúde, Beto Preto, a data é especialmente importante neste período de pandemia. “Sabemos o quanto a saúde importa, o quanto precisamos nos cuidar e atentar sobre os cuidados. Mas desde que a pandemia da Covid-19 se espalhou pelo mundo, percebemos a importância da prevenção, dos estudos epidemiológicos e sanitários que podem modificar a vida das pessoas.”

HISTÓRIA – Oswaldo Cruz teve a formação como médico, mas mais do que a atuação profissional no cuidado, foi um pesquisador reconhecido internacionalmente pelos trabalhos nas áreas de epidemiologia, sanitária e desenvolvimento de vacinas. Entre as doenças que o médico se ocupou, estão febre amarela, varíola, peste bubônica, malária entre outras.

 

VIGILÂNCIA SANITÁRIA - O Dia Nacional da Vigilância Sanitária foi instituído pela Lei 13.098 de 2015.

A Vigilância Sanitária atua na regulamentação, controle e fiscalização de produtos e serviços de saúde com o objetivo de realizar o interesse público de proteção da saúde. No Brasil as ações são realizadas pelos órgãos que compõe o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária, por meio das unidades municipais, estaduais e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo a coordenadora de Vigilância Sanitária da Secretaria Estadual de Saúde, Luciane Otaviano de Lima, “os serviços de vigilância sanitária estão presentes no dia a dia da população de várias maneiras diferentes como, por exemplo, nos alimentos que se consome todos os dias, na água, na produção e comércio de medicamentos, produtos de limpeza, de higiene, cosméticos, nos hospitais, farmácias, consultórios odontológicos, serviços de raio X, medicina nuclear e radioterapia, serviços que trabalham com sangue, células, tecidos e órgãos, nas escolas, nos salões de beleza, e em diversos outros estabelecimentos e produtos que fazem parte do cotidiano no cuidado desde sua construção até o contato com a população”.

Para marcar a data a Coordenação de Vigilância Sanitária promove manhã uma videoconferência, webinair, para os profissionais da área com o tema “Os desafios e avanços da Visa”. Será a partir das 9h30, com transmissão pelos canais da Sesa.

“O cenário da pandemia traz ainda mais desafios para a Visa e exigem medidas de curto, médio e longo prazo”, explica Luciane Otaviano. “São descobertas diárias no enfrentamento da Covid-19 e as medidas de controle sanitário foram e são importante aliadas, tornando-se a base da prevenção e controle doença diante de um quadro em que ainda não dispomos de vacinas e tratamentos medicamentosos comprovadamente eficazes”.

Para acessar a videoconferência clique no link: https://sesa-pr.webex.com/sesa-pr/j.php?MTID=m1f29fefc5a8a64348dbff1bc7440b360

Últimas Notícias