“É essencial vacinar nossas crianças contra o sarampo”, alerta Beto Preto
17/10/2019 - 18:20

sarampo_
O secretário estará em Paranaguá na Unidade de Saúde Básica Leblon nesta sexta-feira (18), para fazer um chamado aos pais e responsáveis para que levem as crianças com mais de seis meses e menos de cinco anos para tomar a vacina contra o sarampo no próximo sábado (19). Neste dia será o Dia D da vacinação e as unidades básicas de saúde estarão abertas em todo o Estado para aplicação das doses das vacinas.
 “Vamos até as unidades básicas de saúde, vamos levar as crianças para a vacinação, lembro a todos que essa é a única maneira de prevenção do sarampo. Quem não pode ir durante a semana, no próximo sábado, as nossas unidades de saúde em todo o Estado estarão abertas para vacinar quem ainda não está imune ao sarampo, reforçou o secretário Beto Preto.
O sarampo é uma infecção viral, aguda, altamente contagiosa, transmitida por via aérea, através da fala, espirro, tosse e respiração. Pode acometer todas as faixas etárias suscetíveis, tendo maior gravidade nas crianças. O vírus do sarampo pode levar a complicações como, encefalite, meningite e pneumonia. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde em parceria com o Ministério da Saúde e os municípios paranaenses reforçam a campanha de vacinação.
No novo Boletim Epidemiológico divulgado pela Sesa nesta quinta-feira (17), há 157 casos de sarampo confirmados até a quarta-feira (16). Somente nesta última semana foram mais 54 pessoas com a doença. É um aumento de mais de 50% de casos confirmados. Além disso, outros 284 casos estão em investigação. Em Curitiba já somam 123 pessoas que tiveram ou ainda estão com sarampo.
Quando ampliado para a Região Metropolitana, o número sobre para 151. No interior, os municípios que registram casos confirmados são: Londrina (1 caso), Jacarezinho (1), Ponta Grossa (1), Maringá (2) e Rolândia (1). Os municípios da Região Metropolitana estão detalhados no boletim nº 8.
Adultos jovens, com idade entre 20 e 29 anos, continuam sendo a maioria dos casos registrados de sarampo. Confira a tabela com a quantidade de casos confirmados divididos por faixa de idade:

Faixa etária Confirmados
0 a 6 meses 3
6 a 12 meses 1
1 a 4 anos 1
5 a 9 anos 1
10 a 19 anos 41
20 a 29 anos 89
30 a 39 anos 12
40 a 49 anos 6
50 a 59 anos 3
TOTAL 157

CAMPANHA DE VACINAÇÃO – A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo iniciou na segunda-feira (7) e está dividida em duas etapas. Entre os dias 7 e 25 de outubro o objetivo é ampliar a vacinação em crianças de seis meses e menores de cinco anos, com o dia D no sábado (19). Na segunda etapa da campanha, acontecerá de 18 a 30 de novembro. Nesta fase os adultos jovens, com idade entre 20 e 29 anos, é o público-alvo que, com o dia D no sábado (30).

SINTOMAS – Os sintomas mais comuns do sarampo são: febre alta, tosse, coriza, conjuntivite, exantema (manchas avermelhadas na pele que aparecem primeiro no rosto e atrás da orelha e depois se espalham pelo corpo), outros sintomas como cefaléia, indisposição e diarréia também podem ocorrer. Como não existe tratamento específico para o sarampo, é importante ficar atento com o aparecimento dos sintomas. Os doentes ficam em isolamento domiciliar ou hospitalar por um período médio de sete dias a partir do aparecimento das manchas vermelhas no corpo.
“Pedimos para quem tiver os sintomas procure o quando antes o serviço médico para ser medicado e receber as instruções sobre o monitoramento da evolução da doença”, diz o secretário Beto Preto.

PARANAGUÁ - O secretário Beto Preto estará na UBS Leblon, que fica na Avenida Coronel Santa Rita, 1270, no bairro Leblon, a partir das 9h30 desta sexta-feira (18) para chamar a população para a vacinação contra o sarampo.

Últimas Notícias