Encontro da Saúde reforça necessidade de vacinação
17/06/2019 - 15:20

imuniza
A necessidade de reforçar a imunização em todo o Paraná é o foco do encontro que reúne os coordenadores das 22 Regionais de Saúde do Estado. A reunião começou nesta segunda-feira (17) e continua amanhã no auditório da 2ª Regional de Saúde em Curitiba.

“A vacinação é uma das atividades mais importantes da Saúde porque trata da prevenção, da proteção e do cuidado”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto. Por isso, segundo ele, é necessário reforçar a importância da imunização. “Carteira de vacinação em dia é sinônimo de saúde e este é o foco deste governo”, disse o secretário ao abrir a reunião.

“Todas as vacinas são importantes, mas além da vacinação contra a gripe que continua no Estado, enquanto houver estoque, vamos intensificar a imunização contra a febre amarela; e, em agosto, junto com uma ação nacional, faremos a atualização da caderneta de vacinação”, informou o secretário.

Programação – Durante o encontro os coordenadores discutem temas ligados ao Programa Estadual de Imunização, como a atualização das ações, Calendário Vacinal 2019, os eventos adversos que podem ocorrer depois da vacinação, sistema de informação e análise de cobertura vacinal, entre outros.

A coordenadora da Divisão de Vigilância do Programa de Imunização da Sesa, Vera Rita da Maia, explicou que, infelizmente, existe uma queda na cobertura vacinal em todo o Brasil. “Entre as principais causas se destacam as informações inverídicas que circulam nas redes sociais questionando a eficiência da vacina, e que acabam afetando o trabalho da imunização”, disse.

Segundo ela, a campanha da gripe é um exemplo, já que muita gente ainda não se vacinou em função de boatos. “É fundamental reforçarmos que as vacinas são seguras e que representam proteção. Sempre que intensificamos uma vacina específica é porque realmente existe risco de contaminação na região e a vacina continua sendo a proteção mais segura contra várias doenças. Caderneta de vacinação em dia, em todas as fases da vida, significa mais saúde”, avalia Vera Rita.

Campanha Nacional - Na reunião dos coordenadores também estão em discussão as formas para efetivar ainda mais as ações junto aos municípios nos eventos diários de vacinação e nas campanhas.

Em agosto, conforme orientação do Ministério da Saúde, será realizada a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação da Criança e do Adolescente e a Vacinação contra Sarampo e Febre Amarela. “As campanhas acontecerão entre os dias 5 e 23, sendo dia 17 de agosto, o dia de mobilização nacional. Vamos atualizar a situação vacinal de crianças de até 9 anos e adolescentes de 10 até 15 anos”, explicou a coordenadora de Vigilância Epidemiológica da secretaria , Acácia Nasr.

Ainda conforme orientação do Ministério da Saúde, o Paraná também vai focar na vacinação contra a febre amarela em virtude da situação epidemiológica atual. “Contaremos com o apoio dos municípios nesta grande tarefa de imunização, inclusive com busca ativa por aqueles que ainda não receberam a dose da vacina contra a febre amarela”, acrescentou a diretora de Atenção e Vigilância em Saúde, Maria Goretti David Lopes.

Últimas Notícias