Estado promove qualificação no cuidado especializado das pessoas com deficiência
24/11/2021 - 14:09

No Paraná, segundo dados do IBGE, são aproximadamente 2,2 milhões de pessoas com deficiências e que estão na esfera da Linha de Cuidado de Saúde da Pessoa com Deficiência. Com o objetivo de aprimorar o processo de trabalho e promover troca de experiências entre gestores na área, a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), realiza nesta quarta (24) e quinta (25) a Oficina de Qualificação dos Pontos da Rede de Atenção da Linha de Cuidado à Saúde da Pessoa com Deficiência do Estado Paraná.

A capacitação é voltada aos profissionais de reabilitação do estado (deficiência física, auditiva, visual e intelectual/autismo), do Centro Especializado em Reabilitação (CER) habilitados pelo Ministério da Saúde, além de representantes da Federação das Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (FEAPAES), do Ministério da Saúde e de secretarias municipais.

“A Secretaria da Saúde mantém o apoio técnico e financeiro nas áreas da deficiência auditiva, física, visual e intelectual. Nossas 22 Regionais de Saúde fazem parte dessa rede de atendimento. São escolas, centros de reabilitação e principalmente Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAES) que fazem a diferença na vida de cada pessoa que precisa desse cuidado”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.   

Em 2020, foram realizados 4,17 milhões de atendimentos a pessoas com deficiência, nos mais de 6.231 estabelecimentos distribuídos em todas as regiões do Paraná. 

VISITA – Dois dos Centros Especializados em Reabilitação de Curitiba – CER II (AFECE) e CER III (CHT), receberam nesta terça-feira (23), a visita do coordenador Geral de Saúde da Pessoa com Deficiência, do Ministério da Saúde, Ângelo Roberto Gonçalves, da chefe da Divisão de Saúde da Pessoa com Deficiência da Sesa, Aline Jarschel de Oliveira, do chefe de gabinete, César Augusto Neves e Malvina Gonçalves Ferreira, da 2ªRegional de Saúde. 

Durante a visita foi possível promover a troca de experiências entre os gestores dos serviços, gestores estadual e federal, além de alinhar estratégias para qualificar o cuidado em saúde das pessoas com deficiência.

OFICINA – Com transmissão ao vivo pelo link https://www.youtube.com/watch?v=s22aOv3NLhY, da Escola de Saúde Pública do Paraná (ESPP), os participantes poderão acompanhar as palestras sobre os Pontos da Rede de Atenção da Linha de Cuidado à Saúde da Pessoa com Deficiência do Estado Paraná.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias