Hospital do Trabalhador recebe 24 mil garrafas de água
26/05/2020 - 19:00

O Complexo Hospitalar do Trabalhador (CHT), em Curitiba, recebeu nesta terça-feira (26) uma doação de 24 mil garrafas de água (12 mil litros) da Coca-Cola FEMSA Brasil. Cerca de 2 mil profissionais de saúde serão beneficiados nas unidades próprias que fazem parte do CHT: o Hospital do Trabalhador, o Centro Hospitalar de Reabilitação e o Hospital de Infectologia e Retaguarda Clínica Oswaldo Cruz.

Aproximadamente 500 desses profissionais estão engajados diretamente no tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19. Fazem parte dessa estrutura servidores públicos, funcionários com carteira assinada, terceirizados e aqueles contratados pelas cooperativas médicas e de enfermagem.

“Os três hospitais foram adaptados para receber os casos mais graves da pandemia. Os funcionários ficam paramentados o dia todo com os equipamentos de proteção individual, o que causa desidratação natural. Essa doação nos ajuda a ampliar a assistência aos servidores”, afirmou o diretor-superintendente do CHT, Geci Labres Souza Júnior.

O Hospital Oswaldo Cruz, uma dessas estruturas, também é o local onde profissionais das áreas da saúde e da segurança pública podem fazer testes contra a Covid-19. Servidores das estruturas da saúde que trabalham com vigilância, limpeza ou na área administrativa também podem agendar atendimento.

DOAÇÕES – O Complexo Hospitalar do Trabalhador criou uma rede de solidariedade em torno da luta contra a pandemia e tem recebido diversas doações da sociedade civil e de outros órgãos. A Justiça Federal do Paraná, por exemplo, colaborou com R$ 1 milhão, entre equipamentos médicos (RX) e de Proteção Individual (EPIs), como máscaras cirúrgicas e N95, além de aventais de proteção.

A Mondelez Brasil doou 2 mil chocolates da Páscoa e o Grupo Boticário fez a entrega de 1.580 kits de presentes em homenagem ao Dia das Mães para os colaboradores. O CHT ainda arrecadou outros R$ 50 mil em doações de pessoas físicas.

Outras doações dessa campanha deixarão um legado ao complexo da Capital. Uma empresa de transporte de Curitiba, por iniciativa do proprietário, doou R$ 300 mil e o Ministério Público do Trabalho outros R$ 250 mil. Todo o valor será destinado para a aquisição de um raio-X portátil digital com tela.

Esse equipamento permite exame de imagem no leito de internação, com resultado em apenas 20 segundos, sem deslocamentos dos pacientes. Esse método é importante para agilizar o diagnóstico durante a pandemia. O aparelho tem vida útil de dez anos ou mais e representa um grande avanço tecnológico ao Complexo Hospitalar.

COCA-COLA – A empresa doou 400 mil garrafas individuais de água mineral para hospitais de campanha e de referência no tratamento da Covid-19 em São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul. No Estado, o Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais, de Ponta Grossa, também receberá 24 mil garrafas (12 mil litros de água).

 

 

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias