Paraná é um dos estados com maior transparência quanto à Covid-19
17/04/2020 - 19:10

As informações sobre a evolução da pandemia da Covid-19 no Paraná – como número de casos, regiões e faixas etárias de maior incidência – e as ações de enfrentamentos estão disponíveis aos cidadãos pela internet. Com inclusão dos leitos destinados exclusivamente para quem contrair a Covid-19, o Estado subiu 13 posições no ranking da entidade Open Knowledge, que avalia a transparência com relação à pandemia.

Na avaliação da semana passada o Paraná aparecia em 16º lugar entre os estados brasileiros, com a transparência avaliada como baixa. Nesta quinta-feira (16), a entidade divulgou novo ranking em que o Estado ocupa a terceira posição, com avaliação “boa”, ao lado do Rio e Janeiro e do Maranhão.

Além dos dados relacionados ao atendimento dos pacientes, discriminados por idade e sexo, o Governo do Estado publica contratações e compras realizadas em decorrência da doença.

transp

A iniciativa de aumentar as informações para a população foi coordenada pela Controladoria-Geral do Estado, que buscou as fontes dos dados, por meio de sua Coordenadoria de Transparência e Controle Social, em parceria com outras secretarias. “Nessa época de incertezas a melhor arma contra a desinformação e propagação de boatos é a transparência. A situação é grave, mas só a informação correta pode dirimir dúvidas e evitar pânico”, explicou o controlador-geral do Estado, Raul Siqueira.

No site paranaense exclusivo para divulgar ações de combate ao novo coronavírus (www.coronavirus.pr.gov.br) foi criada a aba ‘Transparência’. Nela, o item ‘Coronavírus em números’ mostra, em um mapa, onde e em que intensidade o vírus foi detectado em pacientes. Também há uma tabela que possibilita o acompanhamento por município e a distinção dos pacientes por idade e sexo.

LEITOS – A novidade é que agora o número de leitos disponíveis por hospital e a ocupação dessas vagas podem ser visualizados facilmente, permitindo a qualquer gestor acompanhar a situação em sua região para adotar as medidas necessárias. “Essa informação era muito cobrada, pois indica os internamentos e dá um panorama da evolução da doença. Em conjunto com a Celepar, a Secretaria da Saúde, a Secretaria da Comunicação e Cultura e a administração do site, conseguimos disponibilizar esses dados”, disse Matheus Gruber, coordenador de Transparência e Controle Social.

Nessa primeira publicação constam 1.127 UTIs adulto, 78 UTIs pediátricas e 2.611 vagas em enfermaria, exclusivos para atendimento de casos de Covid-19. Os números estão dispostos por macrorregião e por município. “Por enquanto, a captação dos dados tem sido feita manualmente e sua atualização será diária. Paralelamente, buscamos aprimorar o trâmite para automatizar essa captação de dados e dispor mais informações ao cidadão”, explicou Gruber.

INVESTIMENTOS – No site do coronavírus e no Portal da Transparência, o cidadão também pode acompanhar as contratações e compras feitas exclusivamente para enfrentamento à doença. Está em construção o item Doações, em que estarão disponíveis informações sobre materiais doados e do doador.

“Nossa preocupação é que não pairem dúvidas com relação às compras e contratações feitas pela administração pública ou às doações que vier a receber. Com a disponibilização dessas informações, separadas, facilitamos a compreensão das ações do governo, bem como estimulamos o controle social”, declarou Siqueira.

Ele completou que, além do acompanhamento de gastos e contratos, a sociedade pode exercer o papel fiscalizador, auxiliando o Estado a combater eventuais desvios de produtos ou de conduta. “O Estado tem seu aparato de fiscalização, mas somente com a participação da sociedade poderemos cobrir todo o Paraná. Estamos todos mobilizados para o enfrentamento dessa doença, mas não descuidamos do combate à corrupção”, afirmou o controlador-geral do Estado.

OPEN – A Open Knowledge Brasil (OKBR), Rede pelo Conhecimento Livre, é uma organização da sociedade civil, que atua desde 2013. Ela não tem fins lucrativos e incentiva o uso de tecnologias e dados abertos para análises de políticas públicas. Em seu site, o objetivo da OKBR é tornar a relação governo e sociedade mais transparente. Para compor o índice da Covid-19 foram estabelecidos conteúdos essenciais e parâmetros para o acompanhamento da pandemia.

Confira o ranking da Open Knowledge Brasil.

Últimas Notícias