Primeiro dia de ação para caminhoneiros e motoristas realiza mais de 1.200 procedimentos
10/06/2020 - 11:40

A ação começou ontem e segue durante toda esta quarta-feira (10), na divisa de Campina Grande do Sul, Região Metropolitana de Curitiba. Motoristas, caminhoneiros e viajantes que passam pelo quilômetro 68,5 da BR-116 podem fazer testes rápidos para a Covid-19, testes para diabetes e hipertensão, receber as vacinas contra o sarampo e a gripe, além de aferição de temperatura e pressão.

A atividade acontece por meio de parceria entre a Secretaria da Saúde do Paraná , Rede de Postos Ipiranga, Secretaria Municipal de Saúde de Campina Grande do Sul, Polícia Rodoviária Federal e Concessionária Auto Pista Régis Bittencourt.

O atendimento está sendo feito por 18 bolsistas, contratados pelo Governo do Estado, pelo edital da Fundação Araucária.

“É uma ação importante, pois além dos testes e vacinas, envolve a orientação em relação aos cuidados e prevenção de várias doenças, destacando neste momento a importância do uso de máscaras e do álcool gel; motoristas e caminhoneiros exercem atividades essenciais, circulam por todo o país e precisam estar protegidos e informados”, afirma o secretário Estadual da Saúde Beto Preto.

Além dos 1.214 procedimentos de saúde, caminhoneiros e motoristas receberam kits de higiene, com máscara, toalha e álcool gel.

Programação – Nos dias 17 e 18 a ação será replicada em outro posto de Campina Grande do Sul, localizado no quilômetro 25.

Nos dias 19 e 20 será em São José dos Pinhais; 22 e 23 em Jaguariaíva; 24 e 25 em Siqueira Campos, 26 e 27 em Maringá; 29 e 30 em Marechal Cândido Rondon; 01 e 02 de julho, em Cascavel; 03 e 04, em São Mateus do Sul e 06 e 07, em Paula Freitas.

Bolsitas – O diretor de Articulação Regional da Sesa, Edmundo Verona, lembrou que a atuação dos bolsistas tem sido fundamental neste período de pandemia. “Hoje o Governo do Estado mantém a contratação de 775 bolsistas que dão apoio em Unidades de Saúde e hospitais, nas divisas do Estado, serviço de teleatendimento, no Laboratório Central do Estado (Lacen), no Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) e no Departamento Penitenciário”

Os bolsistas estão atuando há cerca de dois meses e a contratação acontece por meio de edital da Ação e Extensão Contra o Novo Coronavírus, da Fundação Araucária, Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e Secretaria da Saúde do Paraná.

Últimas Notícias