Residência em Saúde Pública forma 22 especialistas em Apucarana
25/01/2019 - 16:10

Formatura Residencia Apucarana
O município de Apucarana formou ontem (24) a segunda turma de Residência Multiprofissional, atividade de pós-graduação em Saúde Pública que a Autarquia Municipal de Saúde oferece desde 2016.

A Residência foi criada pelo então prefeito Beto Preto, que participou da formatura, representando o Governo do Estado. Agora, esse modelo de formação vai ser adotado pela Secretaria de Saúde, a exemplo do que já está sendo feito com a ampliação dos programas de residência oferecidos pelo Hospital do Trabalhador (HT) e pela Escola de Saúde Pública.

O credenciamento do programa, em Apucarana, junto ao governo federal aconteceu em 2016; e já naquele ano, 27 profissionais iniciaram a especialização de dois anos, com carga horária de 60 horas semanais, sendo 48 horas de trabalho de campo e 12 horas de estudos.

Os 22 profissionais formados receberam o certificado de pós-graduação no salão nobre da Prefeitura de Apucarana, nas áreas de Enfermagem, Educação Física, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia, Psicologia e Serviço Social. Onze deles são de Apucarana; os demais de Curitiba, Cambé, Irati, Rolândia, Londrina e um de Presidente Prudente (SP).

A cerimônia marcou a conquista na saúde pública do município, consolidando Apucarana como pólo regional na formação de profissionais . Os programas oferecidos incluem Residência Médica e três programas de Residência Multiprofissional: Atenção Básica e Saúde da Família; Saúde Mental; e Enfermagem Obstétrica, com ênfase em Rede Cegonha.

A partir de 2017, foram iniciadas novas turmas a cada ano, com uma média de 27 residentes por ano, o que representa um importante reforço à equipe profissional da saúde do município ao cumprir a carga horária prática dos cursos.

Os residentes têm direito a uma bolsa-remuneração mensal no valor de R$ 3.330,43, paga pelo Ministério da Saúde e atuam na rede pública de saúde, em setores como a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), Unidades Básicas de Saúde (UBSs), Autarquia Municipal de Saúde, Consórcio Intermunicipal de Saúde do Vale do Ivaí e Região (Cisvir), Hospital da Providência e Hospital Materno Infantil.

Na última seleção pública dos três programas da Residência Multiprofissional e dois de Residência Médica foram aprovados, neste mês, 32 profissionais para iniciar a pós-graduação de dois anos.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias