Seguem as atividades do Agosto Dourado no Paraná
06/08/2019 - 16:30

mama
A programação do Agosto Dourado, com o objetivo de intensificar a promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno, segue em todo o Estado. A agenda, coordenada pela Secretaria da Saúde do Paraná, em parceria com secretarias municipais, bancos de leite humano e entidades de apoio à saúde da mulher, prevê mais de 110 atividades até o final do mês.


São palestras e cursos de orientação sobre a importância do aleitamento materno, a forma correta da amamentação e funcionamento dos bancos de leite humano, que envolverão - além das mulheres – os companheiros, os familiares e a comunidade. O tema do Agosto Dourado 2019 é – “Empoderar mães e pais, favorecer a amamentação. Hoje e para o futuro”. A campanha é mundial, promovida pela Aliança Mundial Pró-Amamentação.

Agenda – Durante esta semana, o Banco de Leite do Hospital da Criança de Ponta Grossa intensifica ações de abordagem das mães e familiares dos recém-nascidos, orientando sobre os benefícios do leite materno para as crianças. Na sexta-feira (9), acontece o Mamaço no São Camilo e atividades com a Pastoral da Criança.
Nos municípios de Arapoti, Ivaí, Porto Amazonas e Jaguariaíva, na região de Ponta Grossa, estão previstas palestras para profissionais da área da saúde e encontros para mães e gestantes.
Em Curitiba, o Hospital do Trabalhador, que integra a rede de unidades próprias do Estado, fará a distribuição de laços dourados para divulgar a campanha.

No último domingo, o Mamaço, em Curitiba, reuniu as mães no Museu da Vida. Foi a oitava edição do evento, organizado por mulheres e mães voluntárias.
Em Laranjeiras do Sul, na região de Guarapuava, nos dias 8 e 9, serão realizados cursos de educação Permanente em Aconselhamento e Manejo do Aleitamento Materno e Encontro Municipal de Gestantes e Puérperas sobre parto, amamentação e alimentação complementar.
Em São João
, região de Pato Branco, acontece campanha de incentivo à amamentação com entrevistas sobre o tema nas rádios da cidade; em Palmas, tem encontro que destaca as técnicas corretas de amamentação e os benefícios que a ação traz para as mães e crianças; em Coronel Domingos Soares serão realizados sete encontros sobre o tema da campanha, e  em Chopinzinho estão previstas ações de conscientização em todas as Unidades de Saúde, capacitação para os pais, além de concurso de fotografias no portal da prefeitura.
O Banco de Leite Humano de Campo Mourão promove a Semana Mundial da Amamentação, com roda de conversa sobre o aleitamento, e encontro com representantes de hospitais e de 25 secretarias municipais de saúde de integram o COMCAM – Comunidade dos Municípios da Região.

Em Santo Antonio do Sudoeste, na região de Francisco Beltrão, as equipes de saúde da família montaram um estúdio para fotografar as mães amamentado e serão realizadas visitas à maternidade Santa Izabel para orientar gestantes e puérperas sobre o aleitamento.
Em Flor da Serra do Sul, também foi criado um cenário fotográfico para as mães, além de palestras direcionada à profissionais de saúde e empresários para o incentivo à prática da amamentação. Foram instalados dois outdoors alusivo à campanha, no Trevo e no Lago Municipal.

Ainda na região, as cidades de Manfrinópolis, Realeza e Nova Esperança do Sudoeste, promovem ações nesta semana. Em Maringá, segue a XXIV Semana Maringaense de Amamentação, com várias atividades nas maternidades da cidade. Nesta quarta-feira (7) acontecem o Mamaço e o III Encontro Café com Leite Materno.
Iguaraçu, na Região de Maringá, realiza amanhã encontro com gestantes e mães e, em Mandaguaçu, está acontecendo o Concurso Laço Dourado envolvendo as escolas da cidade. No dia 10, sábado, tem hora do Mamaço. No município de Floresta os profissionais da saúde participaram de capacitação sobre aleitamento e as unidades de saúde estão decoradas com motivos alusivos à data.

A 17ª Regional de Londrina promove várias atividades junto ao Hospital Universitário e cursos de capacitação para agentes comunitários. O Banco de Leite Humano de Londrina também ministra palestras sobre aleitamento e doação de leite materno em hospitais da cidade e da região. O Hospital da Zona Sul de Londrina montou um mural itinerante, no setor de pediatria para orientar as famílias sobre a importância da amamentação para a saúde das crianças.

Ouro – “A Secretaria da Saúde do Paraná participa como apoiadora da ações do Agosto Dourado em todo o Estado”, explica Jéssica Dinardi, coordenadora da Divisão da Criança e do Adolescente da Sesa, “lembrando que a cor dourada foi escolhida pela organização Mundial da Saúde referindo-se ao leite materno como alimento padrão ouro para as crianças”.
O leite materno contém os elementos essenciais e biologicamente adequados para o metabolismo do bebê.
A amamentação pode prevenir que a criança tenha diarréia e pneumonia, duas grandes causas de morte infantil; irá refletir na melhoria das condições de saúde física e mental da criança, prolongando este benefício até a idade adulta.
O Paraná possui 21 hospitais certificados “Amigos da Criança”, que incentivam o aleitamento materno em âmbito hospitalar e que somam 30% dos partos realizados no Estado. A Secretaria Estadual da Saúde coordena a avaliação periódica desses estabelecimentos e orienta o credenciamento de novos.

O Estado tem  13 Bancos de Leite Humano e 17 postos de coleta de leite materno que qualificam a assistência neonatal e contribuem para a redução da mortalidade infantil. No ano passado os bancos de leite realizaram 38.930 atendimentos individuais às mães e 26 mil visitas domiciliares. Neste período foram coletados 19.158 mil litros de leite, distribuídos pra 11.690 bebês.

FOTO DIVULGAÇÃO MAMAÇO CURITIBA.

Últimas Notícias