Unidade que integra Complexo Hospitalar do Trabalhador completa 92 anos
28/01/2020 - 22:30

OswaldoCruz_
Hospital fundado em 1928, inicialmente denominado Hospital de Infectologia de Curitiba, passou a ser chamado de Hospital Oswaldo Cruz na década de 40 e em dezembro de 2019 foi integrado ao Complexo Hospitalar do Trabalhador com o nome Hospital de Infectologia e Retaguarda Clínica (HIRC). Nas primeiras décadas, o caráter da unidade hospitalar foi voltada ao tratamento de patologias infecciosas e transmissíveis, como o sarampo e tuberculose. Com a evolução da medicina, com vacinas e tratamentos, as doenças mudaram, mas o Hospital continuou a atender voltado para a infectologia, com doenças como tuberculose, hepatites virais e HIV/AIDS.

Desde a década de 90, o atendimento do Hospital se voltou para pacientes com HIV/AIDS. “No início da história desta doença os tratamentos eram mais agressivos e os pacientes precisavam permanecer internados. Hoje isso mudou, o tratamento é realizado como qualquer outra doença de tratamento contínuo e a pessoa segue a vida”, comenta o secretário Beto Preto.

Atualmente o hospital atende pacientes no ambulatório, com leitos para internamento e internamento hospital/dia (quando o paciente permanece no local recebendo medicação), consultórios para atendimento de consultas ambulatoriais em infectologia e pronto atendimento 24hs para atendimento de Profilaxia Pós-Exposição ao HIV. Além de farmácia para atendimento externo e o Centro de Pesquisa e Atendimento a Travestis e Transexuais.

“Nossa vontade é de fazer uso desse espaço para cuidar de mais pessoas que precisam de cuidado e acompanhamento. Esse prédio, com 92 anos, vai trazer alívio a muita gente ainda. Nossos planos para esta unidade do Complexo Hospitalar do Trabalhador são amplos e foram pensados para trazer eficiência e aproximar a saúde do cidadão”, analisa o secretário.

CHT - O Complexo Hospitalar do Trabalhador reúne unidades de atendimentos em variadas especialidades de diferentes complexidades. O Hospital do Trabalhador, referência em trauma; o Centro Hospitalar de Reabilitação, que oferece atendimento especializado para pacientes portadores de doenças neurológicas, neurocirúrgicas e ortopédicas agudas ou crônicas; Centro de Atendimento Integral ao Fissurado Labiopalatal (CAIF), que cuida de pacientes com lábio leporino e fenda palatal; o Hospital de Infectologia e Retaguarda Clínica (HIRC), referência em HIV/AIDS e, nos próximos meses, o Centro de Referência Kennedy. Com as unidades em funcionamento, a proposta é que O CHT seja referência de atendimentos no Brasil, ampliando assim a sua capacidade de oferta da alta complexidade para todos os paranaenses.

“Vivemos um momento muito especial na saúde do nosso Estado. Teremos este hospital como um grande centro de referência em infectologia e atendimento clínico. E recebemos como presente no dia de aniversário o anúncio do secretário Beto Preto de que utilizamos nesta unidade equipamentos modernos de imagens para diagnósticos”, comemorou o diretor superintendente do Complexo do Trabalhador, Geci Labres de Souza.

Após a integração ao Complexo Hospitalar do Trabalhador e a reestruturação, o HIRC terá outras atribuições e características no atendimento. O gerente assistencial da unidade, o médico Ângelo Luiz Tesser, explica como está sendo pensado o futuro do Hospital.

“A ideia é que tenhamos um upgrade das suas atividades. Hoje é um hospital com atendimento restrito a pacientes com doenças infecciosas e queremos ampliar o uso deste importante hospital. Vamos trazer para cá a retaguarda clínica dos pacientes do Hospital do Trabalhador, que passaram pelo trauma e que precisam de acompanhamento e cuidado, este é um dos exemplos de atividade para os leitos e espaços desta unidade.”

O Hospital de Infectologia e Retaguarda Clínica (HIRC) fica localizado na Rua Ubaldino do Amaral, 545, no bairro Alto da XV, em Curitiba. O atendimento abrange a população de Curitiba e região metropolitana e os pacientes são encaminhados pela Central de Acesso à Regulação do Paraná (Care).

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias